Edição online semanal
 
Terça-feira 27 de Outubro de 2020  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

ATERRADOR!

13-03-2020 - Joaquim Jorge

Há tempos escrevi no Noticias ao Minuto um artigo de opinião, em que achava que Portugal não tem concerto e tornou-se um país de “ladrões de colarinho branco”.

Nestes dias de epidemia e psicose do coronavírus, em que me vem à ideia a epidemia da peste, ou mais recentemente, o ébola que foram muito mais letais. A nossa sociedade está a ficar distópica, que nos obriga a saudarmo-nos com o cotovelo, realizar programas sem público, não se pode fazer planos para ir de férias, medo de falar com outras pessoas, etc..

Há um sentimento de alarme que a comunicação social alimenta. Há razões para alguma inquietação e necessidade de estar alerta,mas não há razão nenhuma para entrar em pânico e a histeria se propaga muito mais depressa que o vírus.

Há outros assuntos bem importantes que estão a passar para segundo plano. A corrupção em Portugal é uma espécie de vírus do comportamento muito contagioso. Infelizmente muitos portugueses estão com esta enfermidade. Como diz António Barreto,“apolíticaactualmente é tóxica”.

Há corrupção nos banqueiros, empresários, dirigentes do futebol, escritórios de advogados, sociedades de consultadoria e auditoria, departamentos governamentais, autarquias. Os casos sucedem-se.

Agora também é na Justiça, mas não é por punir os responsáveis e apurar os destinos dos seus rendimentos. A justiça no seu funcionamento interno. Nem os juízes escapam a esta ideia que se está a generalizar que,“poucos escapam”, isto é,“um “forrobodó”.

O que tem vindo a lume no Tribunal da Relação de Lisboa é aterrador, tenebrosotétrico! Sorteios falsificados, sentenças pagas e veredictos manipulados.

A corrupção em Portugal também é um vírus que corrói a nossa sociedade e hipoteca o futuro do país.

Biólogo, fundador do antigo Clube dos Pensadores e fundador do Matosinhos Independente

 

 

 Voltar

Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome