Edição online semanal
 
Sexta-feira 7 de Agosto de 2020  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

OS ABSUSTRUNCIOS, OU COMEDORES DE M... ÁS COLHERES!

14-02-2020 - José Janeiro

Esta é uma crónica irritada tal a quantidade de idiotices que aconteceram por estes dias, coisas sem pés nem cabeça e de uma estupidez atroz.

O SONSO

O ex-Ministro da Defesa, o inarrável Azaredo Lopes, afinal sabia das armas de Tancos e da encenação, isso já todos desconfiávamos, o que nunca imaginávamos era a justificação que o absustruncio deu: que afinal como via muitos filmes policiais entendeu ser aquilo uma forma normal de trabalho policial.

Se bem se recordam em tempos confessou não saber o que era um paiol, talvez entendesse que era um sitio para guardar paios e uma charcutaria um sitio para guardar armas, agora dá mais uma desculpa aberrante.

Talvez se a mulher, amante ou seja lá que composição familiar o gajo tenha, se o fizer ver uns filmes pornográficos, a gaja pode vir a ficar satisfeitinha porque um dia o idiota chegará a casa e não estranhará vê-la a imitar a branca de neve e os sete matulões, pois ele achará igualmente normal. Não há mesmo pachorra!

Na verdade olhando para a coisa com aquele olhar critico-político-pantomineiro, entendemos que por alguma razão pouco clara e com aquele ar de sonso, estará a proteger os outros intervenientes: O Costa e o Marcelo, para no futuro ser nomeado para uma tralha qualquer numa representação nacional qualquer, como prémio pelo sacrifício, mais tarde lembrem-se desta hipótese.

O RISINHOS

O Vitorino, o tal Vitó de uma gaita com um buraquinho só, montou uma lavandaria em Espanha com a filha de outro sonso, o Dias Loureiro, para desviar dinheiro da Venezuela. Claro que o interveniente perdeu o sorriso e disse que nada disso era verdade, como se algum criminoso algum dia assuma o que faz, ou quando assume escuda-se em filmes para o justificar, por achar que Hollywood retrata a vida como ela é.

Não sei qual filme que este argumentará para se escudar na “normalidade” do acto, mas olhando para as hipóteses teremos varias opções: o Parasita, Loiras á força, Virgem aos 40 anos, todos comédias que se adaptam, ou se quisermos filmes mais sérios temos como opção: o senhor dos anais, se o seu furo falasse, ou o tradicional, Garganta Funda, todos eles ensinam como se desculpar e ter Alzheimer no momento certo.

O ESGANIÇADO

Após ouvir o Rui Rio dizer que não admite que o partido seja aproveitado para emprego político, o esganiçado, Paulo Rangel, afirmou que o “PSD perderia muito se eu deixasse Bruxelas”, a primeira coisa que me lembrei foi daquela anedota em que a filha adolescente diz é mãe que estava grávida e a mãe pergunta-lhe: filha aonde tinhas a cabeça? E ela diz: no volante, mãe! Não sei porquê mas esta frase faz-me lembrar esta anedota.

Todos nos lembramos o quanto foi polémico, nas ultimas eleições, o lugar no ranking de trabalho deste Absustruncio, estaria em 597 num total de 750, ora com a saída dos deputados do Reino Unido o gajo por certo irá subir no ranking, logo vemos bem a importância que ele tem no Parlamento Europeu, mas decidi ir mais longe, as faltas, aí o ranking é bem “melhor” 641 em 750 deputados. E este gajo tem a suprema lata de dizer que faz falta em Bruxelas?

A DESTRUIDORA

O que tinha sido conquistado pela antiga Procuradora Joana Marques Vidal, vergonhosamente afastada por interesses obscuros, veio-se a confirmar a destruição pela nova Procuradora ao sujeitar o Poder Judicial ao Poder Político. Possivelmente foi o Procurador Geral de Angola que nem jurista é, apenas um General do poder, terá vindo ensinar, a nossa Lucília Gago, dos perigos da democracia e da liberdade do poder Judiciário para ouvir nos processos os que nele estejam envolvidos. Tal surgiu quando o procurador do processo de Tancos demonstrou interesse em ouvir dois altos dignitários da nação o Primeiro Ministro e o Presidente da Republica, parece que a dignidade do cargo os iliba de responderem sob a responsabilidade de actos de que possam ter conhecimento.

E assim continuamos alegremente no 5º lugar do ranking da corrupção, a par de países como a Croácia, Quénia, Eslovénia e Servia, segundo analise da Ernest & Young. Em Angola chama-se gasosa e por cá será apenas impunidade?

A ABERRAÇÃO

Alguém já ouviu falar de uma tal Luísa Semedo? e de um tal Filipe Sambado? Não, pois não? O que têm os dois em comum? Simples, ambos quiseram ser conhecidos á custa do André Ventura. O segundo com medo de ser infectado pelo vírus deixado no comício de uma sala do Porto, esta, a Luísa Semedo demitiu-se de um cargo que ninguém sabia que existia, Presidente do Conselho Regional da Europa, por entender que não se deve cruzar com a mesma pessoa argumentando ter sido eleito de forma ilegítima “fruto de uma anomalia de uma falha do nosso sistema democrático”, assim mesmo!

Esta abstruncia, que se iria cruzar com o dito cujo e teria ali a chance de expor as suas ideias e pensamentos, foge com o rabo entre as pernas a um confronto democrático. Esta atitude, digna de Estaline, Mao ou mesmo de Hitler, por achar que a democracia ou é como ela imagina que seja, ou nada de democracia, demonstra bem o quanto esta gentalha é aberrante. Mais uma vez não sei como gente idiota e de uma burrice atroz conseguem chegar a cargos de decisão. Imagino como seja, mas seria muito dura, literalmente, a explicação.

A VIRATICA

“Usem-nos como porta de entrada, como cobaias para testar a forma de entrarem na Europa”. assim mesmo dito pela Secretaria de Estado do Turismo, uma tal Ana Mendes Godinho. Enquanto uma se vangloria com a epidemia do corona virus, por ser bom para Portugal, esta vai mais longe e pede que sejamos cobaias dos Chineses, como se eles precisassem de Portugal para entrar na Europa. Esta imbecil, por certo nunca saiu do gabinete para verificar a disseminação Chinesa pela Europa. Nem sabe que grande parte das lojas Chinesas por cá, são abastecidas por Madrid. Continuo na duvida como esta gentalha chega a estas posições governativas sem o mínimo dos mínimos. Se estes são o créme de la créme do país convirá começarmos a pensar seriamente em sair daqui para fora para uma qualquer ilha, pois estamos entregues á bicharada, com ou sem vírus. A profunda imbecilidade por ministério ao quadrado (uma analogia ao m2), é enorme e preocupante. Como há tanto néscio junto no mesmo sitio. Os idiotas estão realmente a tomar conta deste pais, já são em demasia.

... E O JORNAL PUBLICO TEM OPÇÕES ESTRANHAS

Recorrentemente o Publico dá voz a pseudo analistas do tema rácico-descolonizador-carpideira. Desta vez temos mais um um tal Elisio Macamo, não sei quem é a criatura, mas admite que Portugal deveria pedir desculpa quantas as vezes necessárias, pois fomos uns empedernidos racistas, colonizadores e exploradores dos pobres Africanos. Africanos, que hoje estão tão bem entregues a si próprios como aliás bem sabemos, vejamos:

Guiné Bissau - narco estado, com miséria absoluta da população, com perdões de divida de Portugal, os tais racistas, com guerras tribais e excisão nas meninas provocando tantas vezes a morte;

Angola - roubo descarado com espoliação das riquezas por elites escabrosas e falta de meios básicos para a população, frequentemente atacam os ex-colonizadores culpando-os da miséria e incompetência própria e tantas outras pedem auxilio para as necessidades básicas da população aos mesmo racistas;

Moçambique - destruição da floresta, das pescas e miséria das populações, transformando-se em pedinchas para as necessidades básicas;

São Tomé e Príncipe - roubo descarado de riquezas petrolíferas, falta tudo no país;

Cabo Verde - estão sempre em Portugal os lideres do país em constante pedinchice;

Como vemos, se temos que pedir desculpa é por ter entregue os territórios a facínoras da pior espécie que levaram o seu povo á miséria. O que é que este imbecil do Elisio Macamo terá a dizer disto tudo? Fica a pergunta para o energúmeno.

Até para a semana

José Janeiro

 

 

 Voltar

Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome