Edição online semanal
 
Sábado 18 de Janeiro de 2020  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

OS IRRITANTES

10-01-2020 - José Janeiro

2020, chegou e quando todos pensam que aquela noite magica de algazarra serve para sentir uma real mudança, ficam desiludidos quando se apercebem que a noite magica só serve para dar continuidade á vida... e ficarmos mais velhos, pois os problemas continuarão a ser os mesmos.

A PRINCESA DOS OVOS

É uma anedota chamar aquela mulher de empresária, é apenas uma princesa com pés de barro e com uma enorme galinha de ovos de ouro e diamantes, chamada ZeDu. A postura dela desde que a justiça arrestou os bens da menina, que ela se tem multiplicado em explicações e deduções idiotas. Que foram os ovos que lhe deram a fortuna, que sem ela as empresas vão á falência, que nunca foi beneficiada pela galinha ZeDu, que nem sabe como ficou multimilionária e que nem sabe porque o povo Angolano não tem o básico, pois farta-se de pedinchar nos ditos países ricos, que se substituam ao governo em doações. Esta é a hipocrisia da princesa que se acha uma grande empresária.

Espero sinceramente que os sinais que vêm de Angola no combate á corrupção e saque do Estado, não seja a substituição de uma elite por outra. Mas que o abanão ao ninho dos marimbondos, tem dado resultados isso tem. Podemos facilmente imaginar uns quantos vassalos do beija-mão real cá do burgo que estarão com o sintoma do cu apertado, sabendo que serão os próximos a serem confrontados com os facilitismos que criaram á princesa. Por cá precisamos também de uma boa varredela, já tarda.

E BUMMM 70 VIRGENS

Fiquei com lágrimas de crocodilo e olhos inchados, por tanto que chorei pelo terrorista-mártir que foi reduzido ao tamanho de uma caixa de fósforos com uma ameixa pelo traseiro. Na verdade, não sou fã do Trump, mas muito menos sou fã de islamitas que desestabilizam povos em nome de um qualquer deus que nada mais é que um mito, escabroso (todos os “deus” o são).

Não faltou muito para que o regime iraniano demonstrasse as já conhecidas atitudes de uma profunda criancice e de carpideiras de ocasião, prometendo vingança, mas apenas estão a provar do mesmo veneno que deram aos demais.

Os profetas da desgraça já temem uma guerra á escala mundial, mas todos sabemos que o regime iraniano, está isolado na cena internacional e todos sabem que a guerra a existir será relâmpago e com consequências trágicas para os Ayatollahs, fazendo jus ao nome: “Ay a Tola”. Apenas estou preocupado com as meninas virgens que se devem vacinar, pois prevê-se uma forte necessidade delas no tal paraíso do Alá.

O DETENTOR DA BOLA DE CRISTAL

Temos no Palácio de Belém uma nova Maya, tais as previsões que o Ti Celito, fez para o André Ventura, em resumo é mais ou menos isto: Que ele, potencial candidato a Belém, não iria além dos 10% de votos, que depois ficava limitado para as eleições municipais e que colocaria por isso também em causa o crescimento nas próximas legislativas. Tudo isto, foi visto na bola de cristal de Belém que como sabemos só diz coisas acertadas. Estes argumentos têm um nome: MEDO!

Já a vergonha-segunda-figura-do-estado, o vergonhoso-mor do reino, veio a terreiro tentar limitar ainda mais o CHEGA, dizendo subtilmente que existe “um certo clima antiparlamentar” e isso mais o comentário em jeito de conselho do Ti Celito, servem de argumentos ao medo do crescimento do CHEGA no espectro político, porque afinal vai metendo o dedinho no cu dos meninos do costume... e sem vaselina.

NEGOCIOS DE APOIO EMOCIONAL

Descobriu-se agora mais uma razão para meter a mão no saco fundo dos bancos: o apoio emocional ao banqueiro, que mais irão estes tipos inventar para irem ao bolso das gentes? Ah pois coisa e tal a Caixa de Credito Agrícola não foi intervencionada e por isso pode dar um valor á mulher do bacano para o apoio emocional, tão necessário á boa gestão. Na verdade, os 2000 euros, dariam para umas 60 quecas numa casa de prestadoras de apoio emocional e sempre tinha a variedade total ao dispor para não haver cansaço emocional ao comer sempre arroz com grelos. Que mais iremos ver neste mundo de idiotas?

ENGENHARIAS NOS ORÇAMENTOS

Aquela lengalenga da escola primaria dos noves fora nada, faz-me lembrar as engenharias dos orçamentos, vejamos:

No Orçamento do Estado está previsto mais um saque de 600 milhões para o Novo Banco, tudo isto depois dos perdões conhecidos, e diz o ministro das finanças que não interfere no deficit, vamos esclarecer: realmente depende como for contabilizado o valor em causa e apenas por isso, em termos contabilísticos não afecta o deficit mas reduz a receita disponível, que todos pagamos e queremos ver aplicada em bens comuns, como saúde, justiça e educação, entendido, ou faço um desenho? Considerando que os 600 milhões serão do fundo de resolução, que os bancos um dia lá longe irão eventualmente pagar para devolver ao estado, esse valor contabilisticamente é expurgado do deficit, enfim engenharias para papalvo.

A mesma engenharia foi feita em Matosinhos com as vigas de ferro colocadas em Leça da Palmeira por 300 mil euros que foram e são uma vergonha de pseudo arte, ora diz a ilustre Presidente que aquilo não saiu das aplicações necessárias para o bem comum, mas que saiu do orçamento da cultura, fiquei embasbacado com a explicação! Na verdade só porque orçamentámos um valor para a cultura que tem tantas opções validas, temos o direito supremo de usar dinheiro em aberrações.

Haja decoro!

E OS IDIOTAS ATACAM DE NOVO

Em tempo os tais idiotas do costume já tinham feito saber que havia ditaduras boas e ditaduras más, aquando da equiparação do Nazismo e Comunismo, agora ficámos a saber que há assassinatos bons e assassinatos maus, dependo da cor dos assassinados... e os idiotas atacam de novo!

Duas mortes por motivos fúteis foram cometidas no espaço de uns dias, só que um dos jovens era preto, morto por brancos e o outro era branco, morto por pretos, pois os escabrosos do costume tiveram atitudes de uma imbecilidade total fazendo tudo para transformar em mártir o jovem preto, de um acto supostamente rácico, e nada dizendo sobre o acto igualmente hediondo da morte do jovem branco.

O cumulo do caricato atinge o seu expoente máximo, no já conhecido Mamadou Ba, que se questionou como seria se 15 pretos tivessem morto um branco, esquecendo-se que 3 pretos mataram um branco, mas como não eram 15 a coisa foi menos grave no raciocínio iluminado da besta. Mas como isso não pode passar em branco porque os Portugueses são todos, mas todos racistas vão fazer marchas de desagravo em honra do jovem negro e quanto ao jovem branco, como não é humano, não tem direito a homenagens... que filhos da puta idiotas!

Descobrimos agora que a dor de perda de uma mãe preta é diferente da dor de uma mãe branca, sem comentários!

Até para a semana

José Janeiro

 

 

 Voltar

Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome