Edição online semanal
 
Sexta-feira 6 de Dezembro de 2019  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

A FAZEREM BEICINHO!

29-11-2019 - José Janeiro

Parecem uns putos apanhados com a boca na botija e fazem beicinho para não serem castigados, assim foram os nossos políticos no rescaldo dos acontecimentos que têm dominado o espaço mediático.

  • AFINAL QUE SIMBOLO É AQUELE?

A imensa manifestação das forças de segurança fez com que os do costume ficassem com nervoso miudinho e a fazerem beicinho. A chegada do André Ventura, criou ainda mais anticorpos. Na verdade se em vez do CHEGA, fosse o Bloco ou o Livre ou o CDU, (como no caso da manifestação dos taxistas), a questão de um símbolo gestual e gritado teria apenas um e só um significado ZERO, mas não, foi o temido CHEGA que foi recebido em apoteose e rapidamente o ataque a um gesto tomou proporções de uma imbecilidade total. A discussão de um símbolo tomou conta dos comentadeiros e pseudo fazedores de opinião. Espernearam, esbracejaram e disseram merda daquelas bocarras para fora, tudo por causa da evidencia de um gesto que nada mais quer dizer, naquele contexto, que um singelo ZERO, representativo do movimento com o mesmo nome!

Na verdade, a inteligência está-se a perder e ainda nem começaram as passagens administrativas nas escolas, imaginemos agora o futuro.

O Polígrafo, fez uma apreciação vergonhosa, dizendo que sim, era um gesto racista e da supremacia branca, ligado ao White Power, completamente imbecil essa conclusão, no eixo do mal, houve um ataque de pânico dos comentadeiros, que nem conseguiam respirar direito, tal o grau de panicanice, como se estivessem prestes a dar-lhes um fanico, foi lindo de se ver confesso.

Ponhamos os pontos nos iis, ou na simbologia, no significado do gesto, aquele gesto dependendo do contexto tem realmente vários significados, a saber: OK, o mais antigo e primordial, entretanto substituído pelo polegar para cima e a mão fechada; ZERO, quando queremos dizer que alguém é um zero á esquerda usamos o gesto; WHITE POWER, é realmente usado por se assemelhar a um W e um P; DETALHE, num discurso quando queremos dar ênfase a algo usamos tantas vezes esse mesmo sinal; VAI TOMAR NO CU, no Brasil, sabemos que o mesmo gesto é um insulto; É só escolher! Para os teóricos dos significados, a esses, levanto o dedo do meio, que é o melhor gesto.

Posto isto, conseguimos entender a malvadeza que está por detrás dos midia, dos comentadeiros, e dos pseudo fazedores de opinião, que estando em pânico com a demonstração da capacidade de mudança tão desejada pela população, usam fantasmas e falsidades para incutir o medo do papão.

Concorde-se ou não com o André Ventura, todos, mas todos, têm que lhe reconhecer os tomates que o gajo demonstra ter, e isso cria pânico nos tipos instalados no conforto das suas posições, que conseguiram transformar em “quintas” muradas e com culturas pouco recomendáveis.

No rescaldo da manifestação, que se tem prolongado como bola de neve, continuam as criticas absurdas, apenas porque a manifestação foi pacifica e ficou isolado o exagero dos muros que trataram os policias como meros marginais, havendo por isso, necessidade de grande protecção da chamada “casa da democracia”. Foi uma bofetada nas ventas dos governantes e decisores que quiseram levantar muros.

  • TRANSPARENCIAS OU O REI VAI NU

Passaram mais de 1000 dias, ou dito de outra forma 2 anos e 8 meses para entendermos a dimensão, sem que aquela coisa inútil chamada Comissão da Transparência do Parlamento tivesse produzido obra, também a sub comissão de ética que avaliou cerca de uma dúzia de casos, produziu sempre a mesma conclusão que nenhum deputado teve incompatibilidades ou conflitos de interesse e que dizer do conselho de prevenção da corrupção que há 10 anos, sim, 10 anos, existe e nada produziu. Agora o principal sabotador da transparência (Para)lamentar, o gajo do sinal piloso na face, o Jorge Lacão, quer a comissão de transparência Á PORTA FECHADA! Diz ele na justificação: “tem que ser á porta fechada, porque há assuntos que têm que ser cozinhados” (sic), mais um apurador, já tínhamos, o Selfieman a cozinhar, apurando tudo e mais alguma coisa, e agora temos este.

Com tanto cozinhado ainda se vão queimar, nas próximas eleições com o crescimento do CHEGA e depois queixar-se-ão, que vem aí o diabo (como o outro), ou o fantasma da direita, ou a supremacia de uma coisa qualquer.

Já começaram a construir muros á volta da “casa da democracia”, já tiveram demonstrações de descontentamento dos tais “movimentos inorgânicos” como gostam de chamar aos que os enrrabam a sangue frio, já entenderam que o que eles chamam fascistas, extrema direita e outros mimos, é apenas preocupação com a lógica que eles não conseguem gerir, embrenhados que estão nos seus cozinhados e fartam-se de panicar, porque isto não lhes corre de feição.

  • AINDA OS IDIOTAS DO COSTUME

Continuam os mesmos idiotas a ver fantasmas aonde não existem. Desta vez foi mais uma caça aos gambozinos, o futebolista Bernardo Silva, fez uma brincadeira com um amigo do peito Benjamim Mendy, negro, ora foi condenado por um acto racista, interessante a idiotice da decisão. No parlamento Português, houve uma iniciativa do CDS-PP, procurando demonstrar solidariedade com o atleta e a sua brincadeira, que deve ser vista em contexto como tal, ora os imbecis mal f#&dos do costume votaram contra: PS+BE+LIVRE e o PAN como é habito abstêm-se de tudo, menos dos animais.

E eis que aparece na vota çã o o repudio a Israel (engra ç ado que os Israelitas, apenas se defendem), a Jaquina, disse ter dificuldade de comunica çã o com o Partido e absteve-se. Sobre essa dificuldade, j á todos n ó s sab í amos pelo som helic ó ptero Merlin que ela produz, mas pelos vistos o som é o mesmo na escrita e leitura, sendo aberrante o fraco entendimento do programa do Partido que pelos vistos ela tem dificuldade em ler por n ã o estar escrito em gagu ê s. Foi um ver se te avias de atroadas desenvolvidas em comunicados atr á s de comunicados, com acusa çõ es mutuas e garras de fora, ningu é m se entende no galinheiro. E a Jaquina voltou a fazer das suas, agora anda, desfilando, no Parlamento com o gajo das saias e com um seguran ç a, conseguem imaginar pior demonstra çã o de democraticidade do que esta? A Jaquina com aquele ar de superioridade acha-se a ultima bolacha do pacote, como j á repararam.

Mas para compor o ramalhete, eis que o idiota-mor do Senegal, fez nova birrinha e decidiu desfilhar-se do BE (j á vai tarde), por, imagine-se, estar em “ profunda diverg ê ncia com aquilo que o partido se tornou ao longo do tempo ” , e em que é que o partido se tornou que fosse t ã o grave que levasse o racista a demitir-se? Perguntar ã o voc ê s com o queixo apoiado na m ã o e olhar inquisitivo. Pois bem, imagin á vamos n ó s que o Mama-aqui-que-isso-passa, iria alegar duvidas ideol ó gicas, ou de caminho econ ó mico, pol í tico ou social, mas n ã o, foi apenas o silencio quando o FDP chamou bosta á policia e o BE, n ã o o apoiou nessa demanda. Diz o energumeno: “ formalizo hoje a minha desvincula çã o do Bloco depois de uma decis ã o tomada em Janeiro deste ano, no rescaldo dos acontecimentos do Bairro da Jamaica ” , ou seja, queria que o BE secundasse os insultos á policia. Segundo informa o Gabinete de imprensa do PR, o Marcelo Selfies, vai a caminho para apurar e consolar o bichano.

Estes bacanos vêm racismo em tudo, mesmo numas cuecas cagadas de castanho, será racismo por a merda ser dessa cor, que falta de pachorra tenho para com estas idiotices.

  • “ CENTENO QUER POR FIM Á S BORLAS NAS RENDAS ” (IN CMJORNAL)

Imaginem por momentos, um pa í s que do seu or ç amento do Estado transfere verbas para os organismos/minist é rios estatais, agora imaginem que o Ronaldo das finan ç as, faz um drible estonteante e diz a esses minist é rios que t ê m de pagar rendas pelo patrim ó nio que ocupam e temos o filme montado... Ou seja, o Estado entrega guito e depois pede para lhes ser devolvido uma parte em forma de rendas! UAU! Brilhante! Estou sem palavras!

  • O MILAGRE DA MULTIPLICA ÇÃ O

Nem o JC, ou Cristo para os amigos, conseguiu melhor que o S ó crates. Fic á mos a saber que o JC foi um menino ao p é do S ó crates, porque aquele apenas multiplicou o p ã o e os peixes, enquanto transformava agua em vinho, s ó para alegrar as cordas vocais, o JS, o tal JC dos tempos modernos, conseguiu a multiplica çã o das heran ç as... ora toma l á JC!

Parece que o nosso JS (Jos é S ó crates), n ã o confiava nos bancos, pois enquanto governante sabia que iam dar raia, e usou o velho principio do colch ã o para guardar o guito, n ã o fosse o diabo tece-las, como os colch õ es de hoje j á n ã o s ã o como antigamente (para quem n ã o saiba de palha com aberturas para mexer a dita e guardar o guito), foi preciso comprar um cofre, que pelos valores envolvidos, o dito cofre rivalizava com o do Tio Patinhas em dimens ã o, pois estamos a falar de uns milhares de notas, assim tipo paletes. Mas esta n ã o era a ú nica heran ç a, eis que tira da cartola mais umas quantas, incluindo da ex-mulher e mais uns quantos familiares pr ó ximos, tudo heran ç as e todas em cofres, fant á stico!

JC, é s um aprendiz de feiticeiro ao lado do S ó crates p á ! Vamos l á fazer um Novo, Nov í ssimo Testamento com o JS com principal actor dos milagres.

At é para a semana

José Janeiro

 

 

 Voltar

Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome