Edição online semanal
 
Sexta-feira 18 de Outubro de 2019  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

Gente que não sabe mesmo estar!

04-10-2019 - Francisco Pereira

Discorria recentemente com um amigo a propósito da Educação nacional, sobre o facto de estarmos a lançar ao Mundo gerações de psicopatas mal amanhados, violentos e intelectualmente indigentes, quando me veio à cabeça a frase criado pelo excelente comediante Ricardo Araújo Pereira o famoso RAP, que criou uma frase que para mim define na perfeição aquilo que é a Educação e a Escola de Portugal, “Gente que não sabe estar”.

Reflectindo então sobre isso, começamos olhando para o Ministério da Educação, para os seus vários actores ao longo digamos desta última vintena de anos para não ser fastidiosa a analepse, o que vemos? Infelizmente uma procissão de miséria. Uma longa lista de gentalha medíocre, de politiqueirice rafeira e pouco mais, alguns dos políticos declararam até ter “paixão” pela Educação, mas as suas acções traem-nos, são os primeiros que não sabem de todo estar, menos ainda estão preocupados em dar bons exemplos e em educar.

Os professores, pecam também por não transmitir exemplos, coisas simples com o “bom dia” ou “com licença” quase não se ouvem nas salas de professores, não sabem estar porque muitos não são verdadeiramente professores, são apenas pessoas com licenciaturas que tentam dar aulas, alguns com décadas dessa actividade, nunca chegam porém a ser professores, dou-vos um exemplo rápido, uma turma de 8º ano, com alguns casos complicados, miúdos conversadores, apenas um caso pior em termos de disciplina, a directora de turma, a cada reunião com os pais, desfiava o seu rosário de queixas, a infeliz docente fazia parte dos 80% de professores daquela turma que percebem pouco de alunos e de como lhes chegar, porque os restantes 20% conseguiram chegar aos miúdos, conseguiram dar aulas e conseguiam ensinar e conseguiram sobretudo ter empatia com os miúdos conseguiram com que os miúdos quase unanimemente gostassem deles, porquê?

Porque a maioria dos professores dessa turma, está ali porque não há nada melhor para fazer, enquanto os outros, os que conseguiram chegar aos alunos, são professores de alma, nasceram para ensinar, acto que desempenham sempre bem, é uma apetência inata de gente que ao contrário dos outros sabe estar.

Os alunos regra geral, são igualmente gente que não sabe estar. Não sabem estar na escola, como não sabem estar em lado nenhum. Estamos a criar futuras gerações de psicopatas, de broncos imbecis, socialmente ineptos, vamos pagar isso muito caro. Vamos pagar caro a cobardia de não impormos regras claras e inflexíveis, vamos pagar caro a cobardia de não punirmos com mão de ferro os atropelos à decência, por permitirmos a certas castas a impunidade que depois se reflecte num ambiente geral de impunidade, vamos pagar a falta de responsabilidade que gera esta sociedade medíocre de gente que não sabe mesmo estar em lado nenhum.

Os pais, são outros dos grandes culpados, são gente que não sabe de todo estar. Tanto não sabem estar que se alheiam de tudo o que não sejam festarolas e redes sociais, dando aos mais novos os mais lamentáveis exemplos desta sociedade miserável de gente que não sabe mesmo estar em lado nenhum.

Francisco Pereira

 

 

 Voltar

Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome