Edição online semanal
 
Domingo 25 de Agosto de 2019  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

SERVIÇO NACIONAL DE SAÚDE (SNS)

02-08-2019 - Henrique Pratas

De acordo com informações fidedignas o SNS, tem os dias contados, dentro de 2 (dois) anos acaba, pura e simplesmente.

Apesar de o discurso politico ser no sentido contrário a realidade é bem diferente e em termos futuristas existem já orientações para que o mesmo no prazo que vos indiquei anteriormente, este esteja completamente morto e enterrado.

O que virá a seguir ninguém diz claramente o que será, mas a informação que agora lhes presto é aquela que se vai aplicar se nada se fizer contra este tipo de decisão.

Esta é mais uma demonstração de que a vontade dos portugueses não conta para nada, estamos perante mais uma decisão politica que privilegia o capital em detrimento dos CIDADÃOS que elegem os políticos para exercerem os cargos de gestão da coisa pública.

A nós cidadãos ainda nos resta uma “arma” que é lutarmos e tentarmos por todas as vias que isto aconteça, não vai ser fácil mas se queremos ter direito há saúde teremos que o demonstrar inequivocamente aos políticos que nos Des) Governam sejam eles de que cores sejam.

Temos um caminho árduo e difícil pela frente, considerando que as eleições legislativas se aproximam rapidamente há que dar atenção ao conteúdo programático que cada um dos partidos apresenta e saber distinguir a lebre do gato.

Eu sei que todos nós com a experiência que temos adquirido ao longo dos diferentes anos já sabemos quem nos faz promessas que não são cumpridas e sabemos que nos apresentam programas que depois são cumpridos, não nos podemos deixar amachucar mais, as PESSOAS tem limites para tudo e entendo que já chegaram aos limites máximos dos portugueses, com particular incidência nos mais desprotegidos. Chegou o momento de dizer BASTA, esta ação não vai ser fácil porque vivemos numa ditadura financeira/económica, onde apenas se valoriza o dinheiro, mas muito mais importante do que isso são as PESSOAS e CIDADÃOS deste País.

Esta vai ser um “batalha” que todos aqueles que defendem o SNS têm que assumir como deles, porque se não o fizeram estão a hipotecar ainda mais o apoio clinico que deveriam ter e não têm e que nos dias de hoje é muito mal prestado mas que a opção é não o ter pura e simplesmente.

Os HOMENS que idealizaram o SNS, merecem que façamos este esforço, não podemos deixar morrer este sonho de proporcionar aos portugueses um melhor desempenho no que diz respeito há sua SAÚDE.

A área da SAÚDE é essencial e fundamental para todos os portugueses, por esse motivo temos que lutar pelo que queremos. Na nossa vida e vocês sabem-no bem temos que lutar por aquilo que queremos para a nossa vida seja ele ao nível individual ou coletivo, muitos de nós já tivemos que fazer sacrifícios, ou trabalhar um bocadinho mais para alcançarmos determinados objetivos, agora chegou a hora e o momento de o fazer-mos em relação a um todo que são os CIDADÃOS deste País.

Os tempos que se avizinham não vão ser fáceis há que resistir e fazer valer os nossos direitos, para que respeitem as nossas obrigações.

Nós ao longo de alguns anos, pelo menos 10, foram pedidos sacrifícios atrás de sacrifícios, não podem nem devem continuar com a mesma cantilena, tiveram o tempo necessário e suficiente para aplicar as medidas mais desejáveis para inverterem a tendência das diferentes ocorrências se não o fizeram, não nos podem exigir como têm feito, mais exigências, porque estamos a pagar o BPN, o BPP, o BANIF, o BES, Barclays e outros parasitas que praticaram desmandos que considero pouco ou mesmo nada recomendáveis, chegou o momento de dizer basta e dizer-lhes que vão bater a outra porta, que o simples e comum cidadão já está cansado e farto de andar a pagar os atos que não praticaram nem lhes foi perguntado nada, mas que em nome não sei do quê estamos a pagar indevidamente.

Vão-se catar, responsabilize-se quem tem que ser responsabilizado com a maior brevidade possível e deixem os CIDADÃOS viver de uma forma mais desafogada, com mais perspetivas de emprego, mais saúde, mais educação , direito há habitação e a uma vida mais digna.

Henrique Pratas

 

 

 Voltar

Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome