Edição online semanal
 
Segunda-feira 20 de Maio de 2019  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

Afinal os professores são importantes!

10-05-2019 - Joaquim Jorge

António Costa estava em queda nas sondagens por culpa própria: o problema da família no governo, os cemitérios e ter criado falsas expectativas.

Irrita-me este big brother da vida dos professores e do seu vencimento. Toda a gente em Portugal fala dos professores, o que fazem ou não fazem, o seu vencimento, etc.

Porque não falam do dinheiro que ganham determinados comentadores na televisão que não passam de uns ignorantes e impreparados para discutir determinados temas?

Os portugueses querem ter ensino público gratuito de qualidade e não querem pagar por isso. Têm que escolher?

O melhor será no futuro não haver professores, profissão degradante e degradada por todos. Um professor numa escola é quase tudo, para além de ensinar, parece um bombeiro de serviço: amigo, confidente, pai, psicólogo, psiquiatra, pedagogo, polícia, ajudante, entre outros.

Que culpa têm os professores de serem muitos? Que culpa têm os professores de estarem a ficar com uma idade avançada?

A solução deste imbróglio com os professores cheguei à triste conclusão que seria resolvido se metade morresse, deixava de haver despesa.

Na sexta-feira a Comissão da Educação no Parlamento, de acordo com as alterações já aprovadas ao Decreto-lei 36/2019, os 2 anos, 9 meses e 18 dias que o governo tinha admitido contabilizar integralmente será o primeiro momento de um faseamento, produzirá efeitos a 1 de Janeiro de 2019 e será pago com retroactivos a partir de Janeiro de 2020. Já no que respeita aos restantes 6,5 anos, inicia-se nova negociação a partir da próxima legislatura.

Esta foi a única alteração. O governo aprovou a 4 de Abril, os professores poderem optar entre recuperar de uma vez só o período do congelamento para progredir na carreira ou faseadamente entre 2019 e 2021: aos professores permite-lhes recuperar os 2 anos, 9 meses e 18 dias, na sua totalidade, no momento em que ocorra a subida ao escalão seguinte, contabilizado depois de 1 de Janeiro de 2019 ou recuperar os 2 anos, 9 meses e 18 dias de forma faseada, com um terço desse tempo a 1 de Junho de 2019, um terço a 1 de Junho de 2020 e um terço a 1 de Junho de 2021.

Afinal os professores são importantes! Fez com que António Costa ameace demitir-se ou se demita.

António Costa fez uma fuga para a frente, mas pode sair-lhe o tiro pela culatra. Muitos portugueses são invejosos acham que os professores ganham muito bem e António Costa tenta virar a opinião pública contra os professores.

O tema central das próximas legislativas será o próximo governo assumir que vai procurar calendarizar no tempo os 6, 5 anos de serviço dos professores. Como já se viu António Costa é contra e pode perder as eleições, ao contrário do que dizem os pseudo-entendidos que pode vencer com uma maioria absoluta, ele está a tentar minimizar danos.

Este fait divers professores pode liquidar António Costa. Para bom entendedor meia palavra basta – Mário Nogueira arrumou com António Costa.

Este diferendo Governo-Professores faz-me lembrar a peça teatral de William Shakespeare, A Comédia dos Erros com muita farsa à mistura.

Fundador do Clube dos Pensadores

 

 

 Voltar

Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome