Edição online semanal
 
Segunda-feira 17 de Junho de 2019  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

PORTUGUESES ENDIVIDADOS

22-02-2019 - Joaquim Jorge

Chamou-me à atenção uma notícia no JN que dizia: “Devedores de cartão de crédito batem recorde. Há 137 mil pessoas em incumprimento com cartões. O valor em dívida neste tipo de financiamento é acima de 3,25 mil milhões de euros”.

Não me surpreendeu, pois apercebo-me de imensos carros novos na rua e gruas imponentes para novos prédios e casas. Por outro lado, nunca houve tanta gente a viajar, para lá, da época de férias.

O pior é o resto! Isto é, pagar as dívidas e cumprir com as suas obrigações. Compreende-se que é legitimo qualquer pessoa ter a ambição ou o sonho de ter uma boa casa, um bom carro e viajar, jantar em bons restaurantes, ter boa roupa, para além de outras coisas, todavia só o deve fazer tendo a noção que pode pagar o que deve.

Assim, os portugueses, mais tarde, não se podem queixar do governo, mas sim de si próprios. A culpa será totalmente sua se não pagarem o que devem.

Eu sei que os exemplos que vêm de cima não são os melhores, dos diversos governos, daí o nosso país ser muito endividado, mas todo o cuidado é pouco.

Por este andar, estamos a passar da depressão à euforia pelo excesso de confiança, mas a depressão poderá estar, de novo, aí à porta. Somos um país bipolar capaz do melhor e do pior que nunca aprende com os erros passados.

Portugueses poupados, que vivem com o que tem e não fazem flostrias vão pagar mais cedo ou mais tarde, pelos excessos de quem não tem cabeça e tino.

Somos um país de gente com a mania das grandezas, aparato, pedantes, convencidos, que não pode ver os outros ter ou fazer, muito invejosos e vaidosos.

Um país de endividados e caloteiros.

Actualmente o que está a dar é dever, o resto vê-se depois, alguém há-de pagar.

Biólogo, fundador do Clube dos Pensadores

 

 

 Voltar

Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome