Edição online semanal
 
Sexta-feira 20 de Setembro de 2019  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

MARCELO/CAVACO

19-10-2018 - Joaquim Jorge

Confesso que votei Marcelo Rebelo de Sousa e não estou arrependido, todavia fico surpreendido por estas picardias com Cavaco Silva! Aquando dos seus comentários na televisão ao longo dos anos, em relação ao seu antecessor Cavaco Silva sempre elogiosos e compreensivos, o seu mandato tem sido uma surpresa com o seu corte radical com o distanciamento, contenção e no uso raro da palavra de Cavaco, ao contrário, Marcelo é efusivo, comunicativo e próximo das pessoas.

Não estava à espera desta disputa entre Marcelo e Cavaco, não me posso esquecer que Cavaco Silva sempre indicou Marcelo Rebelo de Sousa para conselheiro de Estado dos 5 nomes que cabem ao Presidente.

Acho que Marcelo não esteve bem ao mostrar alguma hipersensibilidade com a opinião de Cavaco Silva que considerou estranha a não recondução da PGR.

Pensou Cavaco Silva, Paula Teixeira da Cruz que escolheu Marques Vidal e inúmeros portugueses, incluindo eu, que não entendi tantos elogios e depois foi embora.

Marcelo Rebelo de Sousa tem que ter capacidade de aceitar opiniões diferentes da sua, ainda mais do seu antecessor e não é imune a críticas. Recentemente Marcelo Rebelo de Sousa condecorou e fez rasgados elogios a Mário Soares que se fartou de criticar o presidente que veio a seguir a ele (Cavaco Silva).

Todos nós, portugueses já percebemos que Marcelo e Cavaco são pessoas diferentes, com estilos diferentes e que têm a sua forma de interpretar a presidência da República, não são diferenças banais, mas os portugueses votaram nos dois por maioria absoluta.

Marcelo que tantas vezes fala na descrispação da vida política e que é necessário entendimentos não deveria ter respondido a Cavaco, respeitava o que disse para bem de um bom ambiente.

A opinião de Cavaco com os diabos, não passa disso e vem de encontro à forma de pensar de muitos portugueses que gostariam de ter visto Marques Vidal continuar no cargo! Ter uma opinião pela recondução da PGR Marques Vidal, não vem nenhum mal ao Mundo.

O conselho que dou a Marcelo Rebelo de Sousa, apesar de não mo ter pedido, é aceitar, por vezes, que Cavaco Silva possa ter outra opinião. A política para quem governa tem amiúde falta de empatia e nem sempre tem razão.

Marcelo é o presidente, deve evitar esta troca de farpas e de críticas mútuas. Cavaco não se ficou e saiu de a cerimónia de inauguração de Campus antes de Marcelo discursar.

Os políticos e quem governa querem aplausos, vénias e reverência, parafraseando Augusto Branco, poeta e escritor brasileiro: “ os políticos gostam do ideal de liberdade de expressão até o momento em que começam a ouvir aquilo que eles não gostariam que dissessem a respeito deles".

O que se está a assistir entre Marcelo e Cavaco não é bonito e a política não pode viver a golpe de casos e espectáculo.

Biólogo, fundador do Clube dos Pensadores

 

 

 Voltar

Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome