Edição online semanal
 
Quarta-feira 12 de Dezembro de 2018  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

AS INSTITUIÇÕES NÃO FUNCIONAM

05-10-2018 - Henrique Pratas

Quando vos escrevi o texto designado por “ Mal informados ou talvez não”, o que vos queria transmitir é que as Instituições deste País pura e simplesmente não funciona e não é só de agora é de há muito tempo só que no presente está a refletir-se de uma forma que considero inusitada o mau funcionamento das mesmas, as que se dizem defender os superiores interesses da Nação e dos seus cidadãos.

Para onde quer que nos voltemos vamos sempre encontrar ou depararmo-nos com situações perfeitamente caricatas e insolúveis isto já ultrapassou os limites da razoabilidade, da decência e do decoro, pior é sempre possível mas convenhamos que para um País dito de uma democracia recente, estamos a colocar-nos numa situação completamente insustentável e insuportável.

Nada funciona convenientemente é uma carga de trabalhos para um cidadão tratar de qualquer coisa que lhe diga respeito e as Instituições que foram criadas para os defender pura e simplesmente não funciona.

No texto que lhe lhes escrevi de certa forma abordei-lhes a questão da insegurança que se vive no País decorrente da violência que decorre e que assistimos diariamente, acrescendo a isso o facto de as nossas Forças Armadas que na minha opinião deveriam transmitir que a confiança que a segurança interna e externa está garantida a todos os cidadãos, não está a acontecer, razões existirão mas não entendo porque é que os responsáveis por estas áreas não se sentam à mesa e não dão os murros na mesa que devem dar, mas dêem-nos garantias que podemos estar seguros, já nos basta a violência que ocorre diariamente e que é de difícil controlo.

Vivemos tempos muito instáveis, isto por causa de políticos que procuram novas soluções quando de facto ainda não se consolidou aquilo que deveria ser consolidado, quero dizer a estabilidade do regime politica, a economia, a indústria, a educação, a saúde, a habitação, o emprego e a segurança social, que todos os dias muda de regras e algumas delas os contribuintes nem se quer, dão conta que elas mudaram. Somos um País pobre, com gente muito capaz, só que temos sido muito mal dirigidos ou orientados e não se vê modos para que as coisas mudem. Vivemos num País onde se produz informação que a maior parte das pessoas não leem porque já estão cansadas de lerem informação que se contradiz a toda a hora, dias ou segundos, vivemos num país sem rumo, onde as pessoas se limitam a viver um dia de cada vez e isto para mim não é forma de um Povo viver, sem objetivos, sem horizontes, sem nada, andamos para aqui.

A situação que estamos a viver é em meu entender muito grave, urge introduzir medidas corretivas que não estão ao alcance de uma pessoa, mas de todos os cidadãos.

As medidas têm que ser assumidas e colocas em prática por todos que querem participar na construção de uma sociedade impoluta, transparente e sem vícios.

Henrique Pratas

 

 

 Voltar

Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome