Edição online semanal
 
Domingo 21 de Outubro de 2018  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

PSD vs. Eutanásia

08-06-2018 - Joaquim Jorge

O PSD a propósito da Eutanásia está de novo em alvoroço. Quando Pedro Santana Lopes se demitiu do Conselho Nacional foi para mostrar o seu distanciamento de Rui Rio, assim como, estar à vontade para tecer as suas considerações e críticas.

Por isso, sempre disse que o acordo Rui Rio / Santana Lopes foi contra natura e não tinha razão de ser.

Santana Lopes ao afastar-se da actual liderança percebeu que nas eleições internas funcionou como lebre e estava a ser utilizado, pois o futuro candidato será Luis Montenegro. Procura não se deixar ultrapassar e marcar o seu terreno, mostrando que vai continuar a aspirar a ser líder, e um dia destes, concorrer, de novo, a futuras eleições internas.

Em relação à Eutanásia Rui Rio esteve bem ao dar liberdade de voto aos deputados, este assunto é de foro íntimo e pessoal.

Não acho que Rui Rio tenha procedido mal, antes pelo contrário, disse que era a favor da Eutanásia e deu liberdade de voto aos deputados do PSD. Rui Rio não foi desajeitado nem desastroso, nem esteve do lado dos outros. Foi claro, transparente e tolerante.

Paula Teixeira da Cruz que é critica de Rui Rio votou a favor da despenalização da morte assistida.

A despenalização da morte assistida que não obriga ninguém, mas também não impede ninguém de pôr termo à vida perante uma doença incurável, fatal e causadora de sofrimento.

Rui Rio ao ser acusado de pressionar os deputados para votarem a favor da despenalização da morte assistida é caricato. Quem fez pressão para votar contra foi Cavaco Silva, chegando ao ponto, de dizer que não votaria em próximas eleições no PSD, se este viabilizasse a Eutanásia!

O PSD tem tantas coisas com que se preocupar, por exemplo, preocupar-se que os idosos com parcas reformas tenham uma velhice digna e com qualidade de vida.

Há gente no PSD que tudo serve para atacar e criticar Rui Rio. As eleições nas distritais vão ser um novo teste para que lado vai o PSD. Em 2019, há eleições europeias em Maio e logo a seguir Outubro ou Setembro eleições regionais na Madeira e o grande teste de Rui Rio – eleições legislativas.

Até lá a oposição interna do PSD vai tentar queimar Rio Rio em lume brando.

O PSD nos próximos tempos será um partido em guerrilha permanente, em que o PS e António Costa agradecem.

Biólogo, fundador do Clube dos Pensadores

 

 

 Voltar

Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome