Edição online semanal
 
Terça-feira 17 de Julho de 2018  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

Tempos de maldade e incertezas.

27-04-2018 - Eurico Henriques

Temos assistido, por vezes de mais, a situações de violência e desrespeito das mais elementares regras de conduta do ser Humano.

Os atentados do daech, a matar gente indefesa em locais onde deveria existir a coexistência política e confessional livres, deixa-nos uma sensação permanente de incredulidade e de certeza. Que é a de o mundo islâmico ter que se reformular, alterar os seus processos de conduta e respeitar a dignidade do ser humano. Não há religião contra a vida e a liberdade – talvez seja mais aceitável escrever: sem respeito pela condição e género humanos.

Quando poderíamos esperar que a força global, criada para esse efeito, tivesse uma intervenção modificadora e clínica sobre todos estes procedimentos, verificamos que não é assim.

Escrevo este comentário para falar da ONU. Quando as nações poderosas, em termos económicos e militares, agem segundo os seus interesses o que se pode esperar de uma Organização que se diz das Nações Unidas? Será mais explícito dizer Unidas Pelo Interesse de Cada Uma.

A intervenção na Síria, que exigia uma análise imediata da ONU, realizou-se porque três nações assim o quiseram. É claro que o “nosso” António Guterres fez uma intervenção cuidada e correta. De nada lhe serviu. Utilizaram-se mísseis, dizem que foram 101. Combinaram não haver resposta por parte do poderoso aliado – Rússia?

Bem diferente está a ser o caso da Coreia do Norte. Um regime brutalmente fechado e inimigo do seu próprio Povo. A agir como se tivesse poder para isso e colocando uma vasta área do Mundo em sobressalto. Mas, atenção, calminha. Por de trás de tudo estão as armas e o colosso que é a China.

Este nosso Mundo, este em que vamos vivendo, está em mudança! Mas desorganizada. Discutem-se influências, predomínios. Sendo um Mundo Global, parece que não se está a dar atenção a esse pormenor.

A ideia que passa é a de desorganização, de afirmação do livre arbítrio.

Eurico Henriques

 

 

 Voltar

Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome