Edição online semanal
 
Sábado 22 de Setembro de 2018  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

GENIOS DA LAMPADA

23-02-2018 - José Janeiro

Vamos andando de surpresa em surpresa como elefante de nenúfar em nenúfar. A genialidade de muitos intervenientes da vida pública só é comparável ao mais inepto ser humano deste pobre manicómio redondo aonde estamos aprisionados. Ainda bem que os planetas mais próximos com capacidade para conter vida são longe muito longe, ou teríamos uma contaminação sideral ao espalharmos os genes destes génios da mais profunda sabedoria.

Foi notícia por estes dias mais um massacre numa escola nos EUA, nada de novo portanto, normalidade absoluta (ironia). Mas apesar da normalidade da situação por aquelas bandas, aonde deve haver mais armas do que canetas nas mãos da população, nada se faz para controlar a situação, porque o poderosíssimo lobby das armas assim o não quer. Tudo dentro da normalidade, num país de cowboys, em que uma constituição escrita quando a lei da força e da protecção era o cano de um fuzil, se mantem inalterada para gaudio de uma franja grande da população Americana que até nas tradicionais fotos de Natal, aparecem todos contentes, a exibir o paiol que têm em casa. Enfim uma cultura aberrante.

Pensam os sensatos que havia aqui mais uma oportunidade para regular o disparate bélico em que se transformou tal sociedade que recorrentemente mata e massacra porque sim, mas não! O inconfundível Trump, um génio da lâmpada de cabelo estranho, propõe a solução mais logica do mundo: armar os professores e treina-los para matar de forma eficaz! Isso mesmo! A par da anulação da lei que impedia pessoas com distúrbios mentais de ter uma arma, agora vamos lá resolver o problema com mais armas desta vez nas mãos dos professores, chama-se contrabalançar as opções.

Mas para que não se esquecesse de que deveria ter empatia com as famílias das vítimas houve que ter umas notas a postos não fosse ter um ataque de genialidade boçal.

E perde-se por ali um génio destes, naquele país.

Mas por cá temos também um génio emergente, falo naturalmente do Bruno de Carvalho. O individuo com tiques de ditadorzinho à boa maneira de Pyongyang, sentiu-se respaldado numa votação maciça dos sócios do clube nas suas ideias geniais e toca de zurzir a torto e a direito em tudo o que mexesse e não concordasse com o seu conceito de divindade esverdeada.

O rapazote na verdade é um génio que odeia varias coisas: tudo o que é vermelho, tudo o que respira sem ser verde, tudo o que possa interferir na progressão dos tons viçosos que apenas lamentavelmente existem nas plantas. O génio da lâmpada pode propor a alteração dos manuais escolares dizendo que os oceanos não são azuis, que o céu afinal também não o é, que Marte deve ser reclassificado para planeta em tons de verde, que as mulheres não dão à luz mas que apenas conseguem parir, que os únicos animais admitidos em restaurantes, serão os leões, que todos os que assim não pensem serão classificados como sub espécies humanas e relegados para a selva como macacos.

Este homem é o génio dos génios!

Por esta semana fiquemos por aqui e façam um favor ao mundo, não tenham tiques de genialidade.

Até para a semana

José Janeiro

 

 

 Voltar

Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome