Edição online semanal
 
Terça-feira 22 de Maio de 2018  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

… E MAIS UM ANO: SABOROSO, CONTRADITORIO OU CHOCANTE, ESCOLHAM!

29-12-2017 - José Janeiro

Estamos perto do segundo magico, aquele que vai fazer soar as 12 badaladas magicas, aonde se vai comemorar de novo o facto de estarmos vivos e termos resistido estoicamente à brutalidade e burrice dos nossos coabitantes.

Cada ano que passa, fica mais difícil sobreviver à enorme chusma de idiotas e suas ideias aberrantes, donde ter sobrevivido é hoje uma dádiva e só por isso devemos hossanas ao altíssimo, seja ele quem for, com muito fogo-de-artifício, comboinhos dançantes e espumante a rodos.

Mas este fim de ano, nem o seria se não fosse o conluio partidário da “santa aliança” com direito a porta fechada e tudo, para decidirem como financiar os partidos políticos. Fiquei na dúvida: será que é pelos bons serviços prestados, ou porque pareceria tão mal, mas tão mal que os ignaros se querem resguardar dos olhares alheios? Não havia necessidade de tamanho secretismo porque o povo é sereno e adora ser enrrabado enquanto festeja, podiam ficar descansados que ninguém se revolta porque dá muito trabalho e está cá um destes brióis que nem por o nariz de fora dá jeito.

Vejamos o que está em causa: resolução da divida partidária por um lado, via doações e devolução do IVA, que o PS tanto quer fazer valer e branqueamento de capitais por outro, via festarolas como a do Avante e a do chão de Lagoa. Ora se bem me lembro, estas soluções inscrevem-se para o comum dos mortais como actos ilegais perante a lei, mas parece que isso é só para os outros, porque para os que têm o poder legislativo será apenas algo dentro da “normalidade democrática”, porque como dizia o gajo da Renault ASSIStencia os nossos queridos representantes têm que andar com alguma dignidade a começar pelos partidos, que são uma cambada de malfeitores.

Tenho que tirar o chapéu a duas forças politicas que votaram contra, ainda que nelas não me reveja, enquanto que, os demais atabalhoadamente foram justificando o “destapar da careca” com perucas que lhes ficava mesmo mal e pareciam mais um capachinho mal parido. Dizem eles, em resumo, que não senhor não aumenta as subvenções partidárias e que a coisa será para corrigir “disfuncionalidades” do actual regime. Qualquer pessoa com dois dedos de testa pergunta: Oh meus esperem lá, se isto é benéfico ou inócuo, porque carga de agua o fizeram às escondidas? E vocês sabiam que para que os interlocutores não fossem identificados usaram letras para os mencionar sobre quem proponha o quê? Assim a modos que agentes secretos, só que em vez de 007 era A, B ou C.

Mas fim de ano que é fim de ano tem que registar os últimos saques para que 2018 entre em beleza: Os CTT que o nosso super PPC decidiu entregar a privados, na ideia que seriam mais rentáveis e com melhor serviço, afinal ficaram debilitados, e o Estado deixou de receber os dividendos que dali vinham, não bastando os exemplos negativos de operações semelhantes na Europa e que foram revertidas. O Montepio que parece ser uma organização de caridade, ouvi dizer, vai receber uma prendinha da Santa Casa da Misericórdia, coisa pouca 200, agora não sei se euros ou milhões de euros (ironia), enfim muitas notas de 5 euros serão, mas a coisa é também segredo e o passa culpas tem sido um espetáculo triste de se ver.

Mas tudo isto se esquecerá entre umas doçarias, umas taças de champanhe e umas passas e em 2018 ninguém se lembrará do quanto saboroso, contraditório … ou chocante foi 2017.

Prometam-me solenemente que para a semana estão normais. Obrigado!

Até para a semana.

José Janeiro

 

 

 Voltar

Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome