Edição online semanal
 
Segunda-feira 21 de Maio de 2018  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

CHIU… ESTOU A REFLECTIR!

29-09-2017 - José Janeiro

Finalmente acaba por estes dias o anedotário nacional transformado em eleições autárquicas. Tivemos de tudo para tentar cativar o eleitorado: chouriços, cemitérios, asneirolas, frases feitas, amor e imaginem até tivemos mentiras, coisa nunca vista, as mentiras claro!

Para digerir tudo o que aconteceu, a lei bondosamente impõe UM DIA DE REFLEXÃO, coisa engraçada esta. Os tipos que o inventaram, devem ter reflectido muito para chegar á conclusão que o eleitor é um idiota e tem que ter tempo para digerir os dispartes que ouviu e votar no menos disparatado. Não deixa de ser cómico essa coisa da reflexão ante-eleições.

É frase feita que nas eleições autárquicas, não se vota tanto em partidos mas em pessoas, sinceramente nas freguesias dos locais mais recônditos até poderá ser, mas nas cidades a coisa não será tanto assim e é aí que se concentram o maior número de votantes. Mas existiu uma característica nestas autárquicas: foram transformadas em guerra semelhante às eleições legislativas, dado o que está em jogo.

Mas voltemos á reflexão eleitoral, o grande objectivo segundo a CNE será proteger o eleitor das agressões comunicacionais que possam ainda influenciar o voto (palavras minhas), donde todos temos que estar num acto de letargia ou mesmo de yoga eleitoral para pensar bem no que se vai fazer, porque são mais quatro anos de “pulhitiquice” e assim votar terá que ser consciente para escolher o menos “pulhitico”. Ah, já me esquecia se não cumprirem a letargia imposta, pagam uma multa, como tudo na vida o dinheiro compra.

Com certeza que a CNE, que mantem teimosamente a regra letárgica, não usa facebook, nem qualquer outra rede social para entender que essa coisa “reflectora”, apenas não funciona. Tornando inútil qualquer esforço em limitar a comunicação politico-eleitoral nesse dia inútil.

Alguns países europeus adoptam o mesmo princípio que evitem um contágio de ultima hora nos votantes, outros mais esclarecidos entendem que o eleitor não é um atrasado mental qualquer e podem ser contaminados á vontade quase até á urna aonde vão depositar a sua morte durante os anos mais próximos.

Esse dia de reflexão, transforma-se assim num dia amorfo e desnecessário dada as novas formas comunicacionais existente e portanto não respeitadora dos princípios instituídos, fariam melhor figura se o transformassem em dia eleitoral tentando de alguma forma combater a abstenção por essa via, sim, 2 dias de votação e porque não?

Mas não, opta-se antes por um dia de reflexão ou será de digestão, sim, digestão tal a quantidade de porcos no espeto oferecidos, que em alguns comícios laranja quase que provocaram uma revolta entre os assistentes porque quiseram parar “o serviço de sandes” dito assim mesmo, para que se ouvissem os brilhantes oradores PPC e aquela coisa Montenegro. Por isso será mais dia de digestão ou desintoxicação alimentar, não se excluído a desintoxicação da verborreia.

Reflecti sobre os cochinos mortos para satisfazer outros cochinos e conclui que no PAN a coisa terá sido diferente, não sei porquê é só uma impressão minha, acho que privilegiaram o Tofu, os biscoitos de cão e tudo regado com um sumo daquelas coisas estranhas que metem nos liquidificadores, estes fizeram da campanha um momento zen. Ainda sobre o PAN tenho uma dúvida: sabemos que a biscoitada para os animais contêm carnes, será que os do PAN são vegetarianos? Quem souber que me informe, agradeço. Ter tempo para reflectir dá nestas coisas.

Mas o importante é reflectir, cortar com o álcool, as carnes vermelhas, evitar fazer sexo e começarem a ler a bíblia em busca de iluminação (não a elétrica a outra), sentarem-se em posição de yoga em casa enquanto entoam uns mantras para reflectirem bem no que aconteceu. Se ficarem com aquela sensação de não terem entendido mesmo nada do que se passou, não se preocupem é normal em pessoas de mente sã. E nessa altura passem a refletir de forma consciente, juntam uns amigalhaços, fazem uma churrascada, umas bejecas e umas gajas, ou gajos, ou qualquer outro dos 53 géneros sexuais existentes (não quero ser acusado de homofobia) e reflitam antes no sentido da vida, sempre fica melhor.

Mas o grandioso e sublime momento de reflexão produz-se sentado numa sanita padronizada pela UE, depois de apurado estudo sobre a dimensão do traseiro Europeu, que como se lembram levou anos a ser padronizada, tal a dificuldade uniformizadora, e ali refletem sobre o que vão reproduzir no dia seguinte na votação, isso mesmo: merda! Esse momento sublime é perfeito para o enquadramento no que se procura num dia de reflexão!

Reflitam bem e votem.

Até para a semana

José Janeiro

 

 

 Voltar

Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome