Edição online semanal
 
Segunda-feira 21 de Maio de 2018  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

III - SINISTRAS CORPORAÇÕES
CLUBE DOS TREZENTOS versus CLUBE DE ROMA

25-08-2017 - Pedro Pereira

«Trezentos homens, todos eles conhecendo-se entre si, dirigindo o destino económico da Europa e elegendo os seus sucessores».

Emil Rathenau, poderosos homem de negócios, judeu alemão, fundador da Allgemeine Elektrizitas-Gesellschaft (AEG), em 1909.

O Futuro Global

As aspirações do Clube dos 300 consistem fundamentalmente nos seguintes cenários:

O estabelecimento de um governo mundial e um sistema monetário comum sob a tutela de uma oligarquia permanente, hereditária e não eleita , cujos membros serão escolhidos entre si mediante um sistema feudal aparentado ao que vigorou na Idade Média. Esta entidade universal de governo deverá encetar formas de controlo de natalidade, mediante à limitação de número de filhos por família como já hoje sucede na India, por exemplo. Promoverá fomes, epidemias e guerras, até que a população mundial estabilize nos 5500 milhões de seres humanos, distribuídos por zonas geográficas rígidas, claramente definidas.

A classe média desaparecerá em prol de duas grandes classes : - Uma minoria dirigente e a restante humanidade «ao serviço do bem comum», perfeitamente controlada. As leis serão uniformizadas por meio de uma rede internacional de tribunais que se regerão por um mesmo Código, apoiados por um organismo universal de polícia e um exército supranacionais que imponha o cumprimento da lei no território daqueles que em tempo foram países, que a partir de então, não estarão mais limitados por fronteiras.

Este sistema será baseado no «estado benfeitor» : Aqueles que obedeçam ao governo internacional único e se subordinem ao mesmo, serão retribuídos com os meios de subsistência necessários para viverem; os que se revoltem perecerão pela fome ou serão proscritos.

Será proibida a posse de armas de fogo ou qualquer outra arma que constitua perigo mortal.

Só será permitida a prática de uma religião, a da Igreja do Governo Universal. Não existirão mais colégios particulares nem religiosos. Em tempos do governo internacional, o cristianismo terá passado à história.

Todas as pessoas serão doutrinadas na crença de que são criaturas do Governo Universal. Com este fim serão marcados com um número (microchip, código de barras…) que facilite a sua identificação, número esse que figurará nos arquivos centrais de um computador da NATO ou em Bruxelas, por exemplo.

De acordo com a previsões dos donos deste clube, por volta do ano de 2030 as pessoas começarão a adotar a tendência de deixar de comprar bens, uma vez que tudo será convertido em serviços. Os bens serão entregues aos cidadãos que os solicitem através de drones.

Dado que no futuro os bens se converterão em serviços num sistema de economia circular, o interesse em adquirir bens próprios passará para segundo plano. Aliás, estes serão concebidos para a durabilidade, reparabilidade e fácil reciclagem. Neste sentido, os materiais fluirão rapidamente no sistema económico podendo transformar-se facilmente em novos produtos.

Uma vez que só será utilizada energia limpa e métodos de produção «limpos», as questões ambientais não serão colocadas.

Em 2030 as pessoas terão mais tempo livre para se alimentarem, dormirem adequadamente, visitarem com mais frequência a família e todos quantos lhes são queridos, para além de poderem dedicar mais tempo a atividades de lazer, dada a mecanização dos sistemas de produção, a elevada capacidade robótica e a informatização avançadíssima.

Muita gente não irá adaptar-se a estes novos modos de vida, tanto mais que em muitas áreas os humanos serão substituídos por robots, o que já vem sucedendo numa escala pouco relevante no contexto global do mundo laboral.

Entre os excluídos e os autoexcluídos estarão todos quantos desgostosos contra o sistema político se revoltarão contra eles, vivendo diferentes formas de vida fora dos meios urbanos, formando, muitos deles, pequenas comunidades autossustentáveis.

O impressionante segredo que envolve o Clube dos 300 faz com que muita gente ponha em causa a sua existência. Na verdade, até hoje, algum órgão de informação referiu a hierarquia desta estrutura, não obstante… ela existe.

______________________

ANEXO

LISTA DOS ASSOCIADOS DO COMITÉ DOS 300

Abdullah II, King of Jordan
Abramovich, Roman
Ackermann, Josef
Adeane, Edward
Agius, Marcus
Ahtisaari, Martti
Akerson, Daniel
Albert II, King of Belgium
Alexander, Crown Prince of Yugoslavia
Amato, Giuliano
Anderson, Carl A.
Andreotti, Giulio
Andrew, Duke of York
Anne, Princess Royal
Anstee, Nick
Ash, Timothy Garton
Astor, William Waldorf
Aven, Pyotr
Balkenende, Jan Peter
Ballmer, Steve
Balls, Ed
Barroso, José Manuel
Beatrix, Queen of the Netherlands
Belka, Marek
Bergsten, C. Fred
Berlusconi, Silvio
Bernake, Ben
Bernstein, Nils
Berwick, Donald
Bildt, Carl
Bischoff, Sir Winfried
Blair, Tony
Blankfein, Lloyd
Blavatnik, Leonard
Bloomberg, Michael
Bolkestein, Frits
Bolkiah, Hassanal
Bonello, Michael C
Bonino, Emma
Boren, David L.
Borwin, Duke of Mecklenburg
Bronfman, Charles
Bronfman, Edgar Jr.
Bruton, John
Brzezinski, Zbigniew
Budenberg, Robin
Buffet, Warren
Bush, George HW
Cameron, David
Camilla, Duchess of Cornwall
Cardoso, Fernando Henrique
Carington, Peter
Carl XVI Gustaf, King of Sweden
Carlos, Duke of Parma
Carney, Mark
Carroll, Cynthia
Caruana, Jaime
Castell, Sir William
Chan, Anson
Chan, Margaret
Chan, Norman
Charles, Prince of Wales
Chartres, Richard
Chiaie, Stefano Delle
Chipman, Dr John
Chodiev, Patokh
Christoph, Prince of Schleswig-Holstein
Cicchitto, Fabrizio
Clark, Wesley
Clarke, Kenneth
Clegg, Nick
Clinton, Bill
Cohen, Abby Joseph
Cohen, Ronald
Cohn, Gary
Colonna di Paliano, Marcantonio, Duke of Paliano
Constantijn, Prince of the Netherlands
Constantine II, King of Greece
Cooksey, David
Cowen, Brian
Craven, Sir John
Crockett, Andrew
Dadush, Uri
D’Aloisio, Tony
Darling, Alistair
Davies, Sir Howard
Davignon, Étienne
Davis, David
de Rothschild, Benjamin
de Rothschild, David René
de Rothschild, Evelyn
de Rothschild, Leopold
Deiss, Joseph
Deripaska, Oleg
Dobson, Michael
Draghi, Mario
Du Plessis, Jan
Dudley, William C.
Duisenberg, Wim
Edward, Duke of Kent
Edward, Earl of Wessex
Elizabeth II, Queen of the United Kingdom
Elkann, John
Emanuele, Vittorio, Prince of Naples
Ernst August, Prince of Hanover
Feldstein, Martin
Festing, Matthew
Fillon, François
Fischer, Heinz
Fischer, Joschka
Fischer, Stanley
FitzGerald, Niall
Franz, Duke of Bavaria
Fridman, Mikhail
Friso, Prince of Orange-Nassau
Gates, Bill
Geidt, Christopher
Geithner, Timothy
Georg Friedrich, Prince of Prussia
Gibson-Smith, Dr Chris
Gorbachev, Mikhail
Gore, Al
Gotlieb, Allan
Green, Stephen
Greenspan, Alan
Grosvenor, Gerald, 6th Duke of Westminster
Gurría, José Ángel
Hague, William
Hampton, Sir Philip
Hans-Adam II, Prince of Liechtenstein
Harald V, King of Norway
Harper, Stephen
Heisbourg, François
Henri, Grand Duke of Luxembourg
Hildebrand, Philipp
Hills, Carla Anderson
Holbrooke, Richard
Honohan, Patrick
Howard, Alan
Ibragimov, Alijan
Ingves, Stefan
Isaacson, Walter
Juan Carlos, King of Spain
Jacobs, Kenneth M.
Julius, DeAnne
Juncker, Jean-Claude
Kenen, Peter
Kerry, John
King, Mervyn
Kinnock, Glenys

Kissinger, Henry
Knight, Malcolm
Koon, William H. II
Krugman, Paul
Kufuor, John
Lajolo, Giovanni
Lake, Anthony
Lambert, Richard
Lamy, Pascal
Landau, Jean-Pierre
Laurence, Timothy
Leigh-Pemberton, James
Leka, Crown Prince of Albania
Leonard, Mark
Levene, Peter
Leviev, Lev
Levitt, Arthur
Levy, Michael
Lieberman, Joe
Livingston, Ian
Loong, Lee Hsien
Lorenz of Belgium, Archduke of Austria-Este
Louis Alphonse, Duke of Anjou
Louis-Dreyfus, Gérard
Mabel, Princess of Orange-Nassau
Mandelson, Peter
Manning, Sir David
Margherita, Archduchess of Austria-Este
Margrethe II, Queen of Denmark
Martínez, Guillermo Ortiz
Mashkevitch, Alexander
Massimo, Stefano, Prince of Roccasecca dei Volsci
Massimo-Brancaccio, Fabrizio Prince  of Arsoli and Triggiano
McDonough, William Joseph
McLarty, Mack
Mersch, Yves
Michael, Prince of Kent
Michael, King of Romania
Miliband, David
Miliband, Ed
Mittal, Lakshmi
Moreno, Glen
Moritz, Prince and Landgrave of Hesse-Kassel
Murdoch, Rupert
Napoléon, Charles
Nasser, Jacques
Niblett, Robin
Nichols, Vincent
Nicolás, Adolfo
Noyer, Christian
Ofer, Sammy
Ogilvy, Alexandra, Lady Ogilvy
Ogilvy, David, 13th Earl of Airlie
Ollila, Jorma
Oppenheimer, Nicky
Osborne, George
Oudea, Frederic
Parker, Sir John
Patten, Chris
Pébereau, Michel
Penny, Gareth
Peres, Shimon
Philip, Duke of Edinburgh
Pio, Dom Duarte, Duke of Braganza
Pöhl, Karl Otto
Powell, Colin
Prokhorov, Mikhail
Quaden, Guy
Rasmussen, Anders Fogh
Ratzinger, Joseph Alois (Pope Benedict XVI)
Reuben, David
Reuben, Simon
Rhodes, William R.
Rice, Susan
Richard, Duke of Gloucester
Rifkind, Sir Malcolm
Ritblat, Sir John
Roach, Stephen S.
Robinson, Mary
Rockefeller, David Jr.
Rockefeller, David Sr.
Rockefeller, Nicholas
Rodríguez, Javier Echevarría
Rogoff, Kenneth
Roth, Jean-Pierre
Rothschild, Jacob
Rubenstein, David
Rubin, Robert
Ruspoli, Francesco, 10th Prince of Cerveteri
Safra, Joseph
Safra, Moises
Sands, Peter
Sarkozy, Nicolas
Sassoon, Isaac
Sassoon, James
Sawers, Sir Robert John
Scardino, Marjorie
Schwab, Klaus
Schwarzenberg, Karel
Schwarzman, Stephen A.
Shapiro, Sidney
Sheinwald, Nigel
Sigismund, Grand Duke of Tuscany,  Archduke of Austria
Simeon of Saxe-Coburg and Gotha
Snowe, Olympia
Sofía, Queen of Spain
Soros, George
Specter, Arlen
Stern, Ernest
Stevenson, Dennis
Steyer, Tom
Stiglitz, Joseph
Strauss-Kahn, Dominique
Straw, Jack
Sutherland, Peter
Tanner, Mary
Tedeschi, Ettore Gotti
Thompson, Mark
Thomson, Dr. James
Tietmeyer, Hans
Trichet, Jean-Claude
Tucker, Paul
Van Rompuy, Herman
Vélez, Álvaro Uribe
Verplaetse, Alfons
Villiger, Kaspar
Vladimirovna, Maria, Grand Duchess of Russia
Volcker, Paul
von Habsburg, Otto
Waddaulah, Hassanal Bolkiah Mu’izzaddin, Sultan of Brunei
Walker, Sir David
Wallenberg, Jacob
Walsh, John
Warburg, Max
Weber, Axel Alfred
Weill, Michael David
Wellink, Nout
Whitman, Marina von Neumann
Willem-Alexander, Prince of Orange
William Prince of Wales
Williams, Dr Rowan
Williams, Shirley
Wilson, David
Wolfensohn, James
Wolin, Neal S.
Woolf, Harry
Woolsey, R. James Jr.
Worcester, Sir Robert
Wu, Sarah
Zoellick, Robert

Fonte http://www.pseudoreality.org/committeeof300.html

NOTA: SINISTRAS CORPORAÇÕES

CLUBE DOS TREZENTOS versus CLUBE DE ROMA

Nota : «Sinistras Corporações - Clube dos Trezentos versus Clube de Roma», tem por base um dos capítulos insertos na obra do autor, que tem por título: As Sociedades Secretas – Teias do Poder Oculto Mundial, Arandis Editora, 2015.

Pedro Pereira

 

 

 Voltar

Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome