Edição online semanal
 
Domingo 20 de Maio de 2018  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

O Futebol de A a Z

10-03-2017 - Pedro Barroso

O futebol é um desporto lindíssimo.

Tal como a esgrima, o atletismo, o andebol, a vela, a luta, o sumo ou o montanhismo.

Contudo, o futebolismo desmerece-se na violência das massas acéfalas; na descortesia, no insulto, na agressão - até nas suas próprias celebrações massivas.

Na ameaça, no impropério. Na radicalização autista que torna pessoas de inteligência e razoabilidade urbana em limitados autómatos de obediência mental e curteza de vistas, por conveniência de serviço.  
Os estádios, na conformidade - aparte esses massivos sustos de gente ululante e algumas vezes violenta e perigosa   ligada às maiores opções clubistas - estão, salvo raras e honrosas excepções, tanto mais vazios na proporção directa  com:

a) o nível das jogadas dentro e, sobretudo, fora do relvado
b) violência e desconforto para alguém de bem ficar no meio da horda.
c) abuso mediático como modalidade exclusiva e monopolizadora de noticia
d) conversão do futebol em alimento televisivo
e) escola de intolerância, jogos escuros, discussão e abuso de autoridade
f) promoção de comentaristas desprovidos de categoria, senso e educação
g) recorrência e pesporrência de duvidosos critérios jornalísticos
h) desprezo larvar de outros desportos que são totalmente ignorados
i) cultivo de um personalismo mediático de protagonistas que não o merecem
j) anedotismo fiscal, com tolerâncias e contemplações de total imparidade
l) fomento do analfabetismo cultural e desportivo
m) criação de ilusões afastadoras da realidade do quotidiano
n) lacunas graves no orçamento familiar por endividamento
o) ofensas corporais agravadas e danos de património pessoal
p) duvidosa transparência, generalizada nos serviços e prestações
q) endividamento clubista até a insolvência, criando incumprimentos
r) degradação física e estética das instalações
s) culto de um regionalismo exacerbado, ridículo e ofensivo
t) tempo e meios que se retiram à intervenção cultural politica e cívica
u) ignorância quase total de escalões amadores, juvenis e femininos
v) troca total de prioridades de vida
x) cultivo e proliferação generalizada de cortes de cabelo ridículos
z) prejuízo potencial da vida conjugal e familiar.

Pedro Barroso

 

 

 Voltar

Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome