Edição online quinzenal
 
Quarta-feira 24 de Julho de 2024  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

Senhor Silva, tome as gotas!

26-05-2023 - Francisco Pereira

Fomos esta passada semana agraciados com um efusivo, inflamado irado e quasi apoplético discurso do senhor Silva, pessoa que como todos muito bem sabem, nunca tem dúvidas e raramente se engana, junta a todo o resto de mau que possui a presunção, o senhor Silva talvez cansado de vegetar lá pela praia da Coelha, sentiu a necessidade de vir arrotar umas postas de pescada, não que nalguns reparos que fez não tenha razão, a espaços até eu concordo com o que disse o senhor Silva, porém não cabe ao senhor Silva fazer tal discurso, apesar de ter todo o direito de o fazer, falta-lhe moral e legitimidade, ou será que o senhor Silva também padece da mesma doença daqueloutro seu colega dado a fazer desaparecer milhões que mesmo apesar de mancomunado com a santíssima trindade diz que tem Alzheimer e também se esqueceu da massa que fez evaporar, mas vamos por partes que me estou a afastar do tema.

Um discurso do teor, mais coisa menos coisa, igual à arenga patética e ressabiada do senhor Silva, eu facilmente admitiria feito, pelo senhor Montenegro, pelo senhor Raimundo, pela senhora Mortágua, até, pasmem-se pelo senhor Lopes, de todas essas criaturas e demais algumas ainda menos capazes, eu admitiria esse tipo de verborreia ressabiada, eu inclusivé, como já disse atrás, concordo com algumas das coisas ali ditas, porque faz parte da politiqueirice rafeireca, no entanto, um discurso destes feito pelo senhor Silva, cheira a vómito, cheira a esgoto, estou até convicto que da mais sórdida e nojenta boca de esgoto, da mais asquerosa cloaca, não sairiam desperdícios com eflúvios tão nojentos e asquerosos como as palavras proferidas no contexto do discurso do senhor Silva.

O senhor Silva parece esquecer que foi durante de mais de uma vintena de anos um decisor político de topo, como Primeiro-ministro, foi a nódoa que se viu, sem prejuízo de algumas das coisas que fez terem tido acerto, foi desde logo o “Desbaratador-mor”, pois desbaratou a torrente de milhões que aqui jorrou vinda da União Europeia, seguidamente arruinou a agricultura, arruinou as pescas, destruindo igualmente a pouca indústria pesada que ainda existia, foi o iniciador da destruição da ferrovia, foi igualmente o percursor do desinvestimento na Educação e na Saúde, deve faltar portanto muita memória ao senhor Silva, ele que foi o grande instigador e principal promotor das políticas económicas miserabilistas dos baixos salários, ele que foi, salvo erro, até à data presente o mais longevo Primeiro-ministro depois de 1974, foi nessa qualidade que estabeleceu o passo e orientações para os que se seguiram, que se limitaram apenas a imitar o “guru”, perpetuando as suas opções menos inteligentes com uma ou outra mudança cosmética.

Como Presidente da República, ainda hoje não entendo como conseguiu este povo eleger duas vezes tal criatura, a prestação porém não foi melhor do que a de Primeiro-ministro, não foi à toa que lhe chamaram a “Múmia” aquele ar bafiento de labrego provinciano, de rato de sacristia a presumir pergaminhos sempre me fez rir, já para não esquecer o caso das acções da SLN, o anúncio da solidez do BES uma semana antes daquilo tudo falir ou as medíocres trafulhices com o IMI da casita de praia dada pelos amigos da banca, "Para serem mais honestos do que eu têm que nascer duas vezes" afirmava o senhor Silva em 2010, de novo para além ser mais uma das suas muitas patranhices, as suas acções desmentem-no e de novo a presunção surge como marca exacerbada, denotando talvez um qualquer problema comportamental de cariz psicológico, não eu não odeio o senhor Silva, por ele só consigo sentir um ténue desprezo, ordinariamente ignoro a criatura.

O ressabiamento do senhor Silva não tem paralelo com nada dito ou escrito por politico algum, mesmo o senhor Candal que tinha uma verve fácil e desbragada ou até o trauliteiro senhor Jardim nenhum deles alguma vez, que me recorde, atingiu o grau patético, ressabiado e asqueroso que atingiu este discurso do senhor Silva, isto sem prejuízo de eu crer que em muito do que disse o senhor Silva revela um inusitado acerto, que não lhe é normal.

Pior foi darem palco ao senhor Silva, provando que o actual Presidente da Republica tem razão, ao manter o governo do senhor Costa, porque não vê no principal partido da oposição, qualquer tipo de qualidade que possa ser uma opção credível, isto deveria fazer preocupar as elites desse partido, mas tal não parece ser o caso, o senhor Montenegro veio prontamente defender as absurdidades do senhor Silva, esse facto é bem indicativo do estado de miséria a que este país chegou.

Resumindo, pessoalmente aceitaria, concordando até com algumas das coisas que ali foram ditas, com um discurso deste tipo, proferido por qualquer outra personagem mais ou menos pateta, mais ou menos alucinada, mais ou menos sem tino da Esquerda ou da Direita, do planeta Terra ou mesmo de Marte, porém um discurso com esta mediocridade encomendado a uma personagem sinistra, envolta em trafulhices, um sem memória, da fraca qualidade do senhor Silva, não aceito. E pior fica quem lhe encomendou o sermão, porque esta patranhice patética foi claramente encomendada, fica muito mal em quem encomendou este acto circense medíocre, a falta de coragem para se assumir, razão mais uma vez dou ao actual Presidente da República, que sabiamente escolhendo o menor dos males mantém o governo do senhor Costa por não vislumbrar na oposição uma qualquer réstia de qualidade, era nisso, nessa procura de excelência que a oposição se deveria estar a concentrar ao invés de ir aos sarcófagos exumar múmias passadistas e cinzentas, com bafos pútridos cujos discursos por óbvio excesso de ressabiamento se esvaziam do seu conteúdo, que deveria ser o mais importante. Um último conselho, senhor Silva, tome as gotas, pode ser que a azia passe, vá para a casa da Coelha e coma bolo-rei, cuidado porém com as migalhas, que podem deixar nódoa.

Francisco Pereira

 

 

 Voltar

Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Coordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome