Edição online semanal
 
Quarta-feira 27 de Outubro de 2021  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

JÁ PENSOU PORQUE A EDP PAGA OS SALARIOS MILIONARIOS?

09-04-2021 - José Janeiro

SABE QUE É VOCÊ E TODOS NÓS QUE FINANCIAMOS ESTE FOROBODÓ?

EXPLICO COMO:

A notícia de que a EDP vai pagar 800 mil euros por ano a António Mexia e 500 mil a Manso Neto depois de terem abandonado funções, foi a “bomba” que a comunicação social noticiou dia 13 de Março passado.

Se isto é escabroso?

É! Se isto é financiado por si?

Também é! Não sei se já reparam na vossa factura de electricidade? No verso da primeira página existem invariavelmente duas rubricas: Uma de “consumo real” e outra de “consumo estimado”, é nesta ultima que todos nós somos comidos, literalmente, e financiamos através daí a EDP e o Estado, por isso não há interesse em resolver esta vergonha.

Na verdade se já contactou a EDP terá duas situações caricatas: Quando reclama que o valor estimado, em conjugação com a página inicial, aonde diz o quanto o seu contador marca e reparou nas discrepâncias com o que lê no contador, a desculpa é que a responsabilidade é da entidade “REDES” que fazem as leituras, estamos esclarecidos, a culpa é dos outros.

Quando tenta “dar a contagem” invariavelmente acontecem duas coisas: por um lado, tem uma mensagem de que o valor introduzido não corresponde á espectativa da EDP, mesmo quando você está a olhar para o raio do contador e por outro lado, tem o chamado período de facturação que nunca é igual para todos os clientes, mas sim depende de cada um. Se você não consegue enviar a contagem lá vai pagar consumo estimado, mesmo quando dá a contagem dentro dos dias que lhe são pedidos, eles estimam até ao último dia que indicam.

Pois é a EDP gosta muito de estimativas que não têm qualquer logica e explicam-se facilmente pois é aqui que você financia fortemente a EDP, vejamos um caso real:

Um consumidor, meu amigo recebeu uma factura para pagar de 312,85€, no detalhe no verso da 1ª página explicam como chegaram a esse valor:

Consumo real a 7 de fev 2021 – 34 kw

Consumo estimado entre 8 de Fev e 6 de Mar 2021 - 1389 kw

Ora consultando o histórico do consumidor, verificamos que no mês anterior o CONSUMO REAL, via site edp zero, através de leituras da empresa foi de, imaginem 870 kw num mês, (entre 7 de fev e 8 de Mar) melhor dizendo 30 dias seguidos o que equivale a 29 kw/dia. Se compararmos com a brilhante previsão da empresa de 1389 kw acima referidos para o período de 28 dias temos um consumo medio ESTIMADO, notem, de 50 kw dia ou seja + 71% do que o consumo histórico.

Temos que questionar: afinal como são feitas estas estimativas? Ora não entendemos que raio de matemática é esta. As contas são duas operações básicas: dividir o consumo histórico pelo número de dias e multiplicar pelos dias estimados, neste caso deveriam ter sido debitados 812 kw e não os 1389 kw indicados.

Pois é, é aqui que você financia a EDP e o Estado, vejamos:

Os 812 kw correspondem a 120,92€ de energia e a um IVA de 27,81€

Os 1389 kw que estimaram correspondem a 206, 85€ de energia e a um IVA de 47,58€

A diferença, é financiamento da EDP em 85,93€ e o Estado em 19,77€.

Ou seja este consumidor, meu conhecido, em vez de pagar 312,85€, deveria ter pago 164,12€ já com taxas e taxinhas.

Apercebi-me disto precisamente este mês de Março, quando a minha factura prevista era de 75,92€, via site edpzero e com a comunicação forçada da introdução das leituras reais até ao ultimo dia que eles indicam como período de facturação vou pagar 43,91€ já com 15€ da prestação do painel solar instalado. Ou seja, iria financiar a EDP e Estado em 32,01€!!!

Neste ponto, você, o leitor, dirá: “ a EDP corrige na factura seguinte.” Não! Nada mais errado. Estes erros convenientes estão em “roulement” ao longo do tempo e só são corrigidos quando se muda de fornecedor de energia. Você continuará SEMPRE a financiar a EDP e o Estado, ou seja vão ao seu bolso escandalosamente todos os meses. Vá confirmar as suas facturas de vários meses e veja o valor medio diário, estimado versus real.

Imaginem agora estes erros convenientes, multiplicados pelos milhões de lares e empresas que a EDP fornece e faça as contas, facilmente chega aos largos milhões de euros que todos os meses metem ao bolso enganando o papalvo que é você.

Assim é fácil gerir uma empresa e pagar milhões aos seus administradores, accionistas e restante corja de tipos que gravitam por lá em tachos, mais ou menos importantes.

Como agir?

Primeiro inscreva-se no site da \\edpzero.cliente.edp.pt, tem que reforçar com uma chamada telefónica para que lhe enviem o link para o seu email, por forma a definir a sua password. Depois no separador “início” e no lado direito em baixo, tem a possibilidade de comunicar a leitura, deve faze-lo no último dia ali indicado para não ter nenhum dia de estimativa de consumo com os disparates acima demonstrados. Logo após essa comunicação de leituras fica a saber qual o valor previsto para a sua factura. Faça isso! Ou continue a financiar a EDP e os seus disparates e por acréscimo o Estado via IVA. Você é que decide!

José Janeiro

 

 

 Voltar

Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome