Edição online semanal
 
Terça-feira 27 de Outubro de 2020  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

É PRECISO TER LATA

24-07-2020 - Henrique Pratas

O Governo vem agora pedir aos portugueses que passem férias cá dentro e principalmente no Algarve ou ALLGARVE como um iluminado Ministro entendeu designar aquela zona, sabe-se lá com que proveitos.

De facto é preciso ter muita lata ou falta de carácter para agora pedirem aos portugueses, quando durante anos a fio criaram uma estrutura acompanhada de preços proibitivos para a maior parte dos portugueses.

Durante anos e anos o Algarve era um destino turístico destinado apenas para os estrangeiros, daí terem apostado fortemente naquela zona nas infra-estruturas turísticas destinadas apenas a quem possuía meios financeiros para o fazer, nessa altura ninguém se lembrou dos portugueses que ficaram excluídos imediatamente, salvo honrosas excepções que vão desde os possuidores do capital até aos políticos que prestam “vassalagem” a estes últimos, a maior parte dos portugueses ficaram de fora.

O ALLGARVE quando enveredou por esta via não era para todos, mas agora em fase de pandemia e dado que os estrangeiros já não invadem e tomam conta do território Algarvio, vá de se voltarem para os portugueses e em estilo de esmola, dizendo-lhes: vá venham, que agora já podem vir para o Algarve passar as vossas férias.”, se isto não fosse triste só daria para rir.

O português é um boneco nas mãos dos políticos, agora façam isto e não façam aquilo, são como me recordo dos meus tempos de infância meros marionetes nas mãos de uns senhores que os querem manipular a seu belo prazer e da forma que lhes aprouver.

Pela minha parte podem ficar descansados que não acatarei a recomendação, porque na minha opinião criaram o monstro agora eles políticos sejam eles detentores de cargos governamentais ou não, alimentem-no, que eu não contribui em nada para que o Algarve se tornasse o que é hoje.

Agora que os estrangeiros não podem viajar para Portugal, acenam aos portugueses para que estes minimizem os prejuízos que o sector hoteleiro e turístico, na minha opinião sobredimensionado que criaram, sem medidas que previssem situações como a que estamos a passar por agora e vão trazer para o sector do turismo enormes perdas.

A decisão de apostar no Turismo como um sector de apoio ao desenvolvimento também não foi minha, porque como já escrevi várias vezes, mas não me canso de escrever este não gera riqueza, logo a posta não deveria ter sido esta, para mim a Agricultura, as Pescas e a Indústria é que são os sectores chaves ou primordiais de uma economia sustentada, a prestação de serviços apenas gera fluxos financeiros e prestam um serviço de qualidade ou não, mas riqueza para um País não gera.

Fizeram esta aposta agora e tendo em consideração a fase pela qual estamos a passar não sejam hipocráticos e não peçam aos portugueses para ir ocupar um espaço que durante muito tempo lhes esteve completamente vedado.

Os portugueses não servem para tudo senhores políticos, também não são fantoches, são pessoas que apenas os elegem, mal ou bem, não lhe peçam para fazer os fretes com os quais se comprometem e não conseguem cumprir, coloquem essas cabecinhas pensadoras a trabalhar e concebam outra solução para o Algarve, por forma a satisfazerem os compromissos que assumiram com os vossos amigalhaços que em tempos, idos, quiseram fazer do ALGARVE a galinha dos ovos de ouro.

Henrique Pratas

 

 

 Voltar

Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome