Edição online semanal
 
Quarta-feira 27 de Outubro de 2021  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

O PINACULO DA ESTUPIDEZ

03-07-2020 - José Janeiro

Ainda no rescaldo dos acontecimentos que têm ocupado a agenda mundial aonde o pseudo racismo se vê em todas as acções por mais simples e básicas que sejam, atingimos agora o pináculo da estupidez em dois casos parvos.

A L’oreal decidiu a abolir nos seus produtos, expressões tais como: branqueador ou clarear, porque imagine-se, ofenderia os de cor preta e corriam o risco de serem acusados de racismo. Não sei se ria se chore, mas que numa palavra é ESTUPIDO, isso é. Aguardamos a retirada do termo escurecedor para definir os protectores solares ou nas tintas de cabelo, ou os de pele branca não ficam ofendidos? Desconhecemos até onde vai o limite da estupidez.

Entretanto, veio á estampa um estudo de um coisa chamada “European Social Survey”, que chega á conclusão que 62% de portugueses manifestam ideologias racistas. E como chegaram estes bacanos a tamanha conclusão brilhante, basearam-se em 3 perguntas parvas:

  • Há grupos étnicos ou raciais por natureza mais inteligentes?
  • Há grupos étnicos ou raciais por natureza mais trabalhadores?
  • Há culturas por natureza mais civilizadas do que outras?

Fiquei estarrecido com a tamanha ESTUPIDEZ destas perguntas. Ainda hoje passados alguns dias tenho dificuldade em fechar a boca de espanto perante esta cambada de idiotas que fazem estas perguntas parvas. Este tipo de perguntas são acima de tudo tendenciosas e pouco claras, que como sabemos, sejam que respostas ali se produzam, não podem ser respondidas com um singelo monossílabo, tal a tendencianite aguda que ali se expõe de forma clara. Parece ser um estudo encomendado pelo SOS Racismo, ainda que aparentemente não o seja.

Vejamos o resultado da amostra de 1055 Portugueses:

62% dos inquiridos respondeu sim a pelo menos UMA das perguntas - racismo, portanto;

32% responderam sim a todas elas - racismo, portanto;

11% responderam não a todas as perguntas - gente culta e nada racista, portanto;

E perante isto, imagine-se, a conclusão: “de acordo com este grupo são 3 vezes mais os que manifestam racismo do que aqueles que o rejeitam”. Ainda não consegui parar de rir!

Agora pensem um pouco e imaginem aonde foi publicado este estudo? Hummm imaginam ou querem que eu diga? Isso mesmo no PUBLICO, aquele jornal que adora conflitos raciais entre pessoas, dando voz ao Mamadou, á Beatriz do BE, á Joacine e por aí fora, a toda uma cambada de incentivadores ao ódio racial.

Na verdade, estou no grupo dos 62% pois só responderia “não” á primeira questão ás outras em consciência responderia com um “sim” redondissimo, sou portanto um empedernido racista e não tinha dado por nada. Os meus muitos amigos pretos, que por certo responderiam de forma igual, devem estar apenas surpresos com a tamanha estupidez em me chamarem racista, com base em perguntas parvas, pois NUNCA tal lhes demonstrei e acho nojento quem pense diferente disto.

Agora vejamos porque responderia “Sim” ás duas ultimas perguntas parvas:

Se há grupos étnicos ou raciais por natureza mais trabalhadores? Sim, sem duvida, basta ter olhos na cara e verificar a percentagem de ciganos ou pretos que trabalham, com maior incidência nos ciganos que querem viver de esquemas e subsídios e nos pretos, apenas os elementos mais velhos são responsáveis e trabalhadores, a geração mais nova não o fazem e preferem os esquemas. Isto é ser racista? Ou é a triste realidade?

Se há culturas por natureza mais civilizadas do que outras? Sim, sem duvida alguma, basta olhar para países Árabes, Senegal e Guiné, para citar os três objecto de alguns estudos recentes sobre os temas que me levam a pensar “sim”, pois ainda hoje potenciam a escravidão, a condenação de religiões diferentes, os gays e todos os que pensem diferente das suas crenças. Os críticos dirão algo como: “ah coisinho aquela é a cultura deles e não podemos comparar!” A tal desculpa esfarrapada dos politicamente correctos.

Não há pachorra para tamanha estupidez.

Até para a semana.

José Janeiro

 

 

 

 Voltar

Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome