Edição online semanal
 
Quarta-feira 30 de Setembro de 2020  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

ATa-autoridade tributária e aduaneira, vulgo Finanças

22-05-2020 - Eduardo Milheiro

Hoje em Portugal, existe na verdade um organização pior do que a que existiu neste País durante 40 anos, a Ata-autoridade tributária e aduaneira, vulgo Finanças, é bem pior que a PIDE, mas são mais estúpidos, ou mais mal intencionados que a policia do regime fascista, e uma directora pior e menos capacitada que o Silva Pais.

Esta sinistra organização é chefiada por uma tal doutora Helena Alves Borges.

Não entendo, como é que alguém, que fica sem casas que andou a pagar anos por execução judicial a favor do maior corja de ladrões deste País que é o Novo Banco, vêm a ATa pedir para lhe dizer o que lhes fez a fim de cobrar mais-valias dos imóveis, quando ficou sem eles por execução judicial, quando a ATa tem de saber no mínimo por causa da cobrança do IMI, que o executado deixou de liquidar à dois anos porque não tem imóvel nenhum em seu nome, e esta coisa da ATa sabia da situação porque não reclamou o IMI. Como não pode deixar de ser, os actuais proprietários dos imóveis estão a pagar, e esta coisa da Ata tem esses dados. E por serem incompetentes suspendem o pagamento do reembolso do IRS de 2019, porque são gente de baixa moral.

Será que estes inúteis da ATA não cruzam dados, se calhar é por isso que não conseguem ver quem é corrompido e quem viaja à conta das grandes empresas para ver jogos de futebol, etc, etc, fazem-no de propósito para não entalar amigos e colegas.

Se é por causa dos 500 euros que lhe iriam pagar de reembolso de IRS, garanto-lhe que se souber que morre de cancro ou de coronavírus eu ofereço à sua família os quinhentos euros para o seu funeral, esta oferta é extensível ao funcionário que criou este problema, deve-o ter feito porque é incompetente, sem ética, com instintos de malvadez, e pior ainda, cospe na mão de quem lhe paga sopa, resumindo é um ranhoso.

Preocupe-se é com a corrupção no seu ministério, para que não haja mais gente a viajar e a ir ver jogos de futebol pagos por grandes empresas, sabe-se lá a troco de quê, e sabe-se lá mais o quê, e que combata esta peste negra que é a gentalha do PS que tudo quer controlar como se fosse a Legião Portuguesa e que invadiram esse ministério e outros, mandam em tudo.

Sempre a protegerem os grandes e o capital, este país está entregue a gente como você que não nos leva a lado nenhum, levar leva, mais povo á miséria e á desgraça, e á fome.

Estado de direito é coisa que não existe neste País, e gente capaz menos ainda.

Eduardo Milheiro

 

 

 Voltar

Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome