Edição online semanal
 
Quinta-feira 28 de Maio de 2020  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

REFLEXÕES!

22-05-2020 - José Janeiro

Desta vez preencherei este meu espaço para refletir sobre os diversos acontecimentos dos últimos dias.

O PINTAS

O supremo “pintas” da Republica e pseudo recandidato, mais que não seja por isso, deveria dar o exemplo em todas as situações, deu uma triste amostra do nacional “pintismo” para contornar regras, leis e outras situações sociais.

A historia triste, conta-se assim: https://www.facebook.com/zefmart/videos/1162257190777830/

O pintas dava uma entrevista em que se falava das limitações das praias e o PR- Pintas da Republica, diz ter arranjado um esquema para contornar o “semafórico praial”, combinando com uns pescadores amigos, ali para os lados da linha, que lhe alugariam uma chata a remos para sair da plataforma dos pescadores para parar em frente á praia e assim contornar a proibição, que é só para o comum dos mortais, pois eu sou o Pintas-Mor-do-Reino, o único problema, dizia ele, seria a escadinha para depois voltar para o batel.

É uma tristeza o Presidente da Republica deste país, prometido candidato para um segundo mandato, apesar dele ter dito que não concordaria que os PR tivessem segundo mandato, se prestasse a criar esquemas, como ele disse, para contornar uma obrigatoriedade cívica e legal. Com exemplos destes depois ficamos admirados com o nacional facilitismo dos pintas deste país. Viva o Pintas pim.

A PINTAS

Ana Gomes ficou danada por o Costa ter lançado a recandidatura do Pintas-Mor-do-Reino de forma extemporânea, entre carros que saem da linha de montagem e sem as distancias regulamentares e após ingerência escandalosa do Pintas em decisões do governo. A primeira mulher candidata a presidente do país, ambição que nunca escondeu, achou ser um golpe baixo ter sido afastada da equação das Presidenciais.

A “André Ventura” do PS, que afinal-está-preocupada-com-a-dita-extrema-direita, ficou a bufar e a espumar com a situação.

Estranhamente a eterna primeira mulher presidente do país, está mais preocupada com a rotulagem de extrema direita aos outros, do que com os desígnios nacionais, não deixa de ser estranho o argumento usado para justificar uma eventual candidatura presidencial, ficámos menos esclarecidos, mas mais estarrecidos.

DARWISMO

Charles Robert Darwin, deve estar feliz da vida por conseguir confirmar a sua teoria da evolução das espécies em que em explicação livre se dirá: “que a evolução natural foi resultado da seleção natural e sexual das espécies”. Ora essa evolução natural, teve uma regressão grave aquando da criação dos Comunistas Portugueses, deve esse grupo ser objecto de estudo porque ainda não conseguiram atingir o patamar evolutivo desejável.

Ora o PCP/CDU, ou outras das variantes com que se apresentaram a eleições, acham que o direito á reunião/manifestação, é um direito imutável seja em que circunstancia for, mesmo que tal implique contaminar uns quantos idiotas que se acham imunes só porque serem Comunistas. Não sei se é esta a imunidade de grupo tão apregoada: o Comunismo.

A mesma regressão já a tínhamos ouvido abundantemente, nos fanáticos das religiões, que entre venda de mascaras invisíveis, porque deus é ele mesmo invisível, a qualquer palermice ungida, a uma vacina chamada Jesus, para justificar o desconfinamento forçado, até á gripezinha do Bolsonaro, para matar uns quantos, temos agora o evangelismo Estalinista- Leninista, como argumento irrefutável para marcar um comício para o dia 7 de Junho próximo, e ainda forçar a festa do Avante na Atalaia, pois acreditando num dos maiores assassinos da historia, em nome de um ideal comum que bem intencionado, reconheço, foi argumento para assassinar milhões por terem ideias diferentes, serve de argumento agora para estes novos religiosos das ideias e democráticos que só eles são mais do que os outros, para justificar estes privilégios.

Apenas desejo que a teoria de Darwin esteja certa e se consiga, por esta via, a seleção natural do ramo evolutivo que originou estes símios, e que termine neles para que não se reproduzam.

É bem verdade que os extremos se tocam: tanto é idiota o Bolsonaro dito de extrema direita, como os comunistas, ditos de extrema esquerda, a imbecilidade é igual.

AS COINCIDENCIAS DO CA#&%$LO

O grupo COFINA foi presenteado com uma parte dos 11 milhões entregues pelo governo para apoiar a comunicação social, as más línguas dizem ter sido para apoiar os ditos programas pimba com que somos presenteados todos os dias por esses canais, enfim más línguas, mas logo no dia seguinte e em nome do pluralismo democrático a CMTV e o CORREIO DA MANHÃ, decidem despedir o André Ventura, diz-se prescindir dos seus serviços de comentador e colunista. Não entendi em que um comentário desportivo pode ir contra princípios constitucionais, nem aonde a liberdade de expressão e de ideias deve ser drasticamente limitada, fica a revolta, pois nunca ouvi (também não ouço comentários desportivos, mas saberia-se logo), o André Ventura ter chamado no meio do comentário desportivo preto ou cigano a qualquer jogador, é preciso ter lata.

Em comunicado o grupo diz terem sido ultrapassadas umas tais linhas vermelhas, não sei se se referia a linhas azuis do lápis, ou linhas vermelhas do clube que ele defendia em comentário, seja como for muitos se vão decidir a votar CHEGA devido a esta bichice censoria. Uma palavra para classificar esta atitude: IGNOBIL!

UMA EXPERIENCIA SOCIAL DEMOCRATA MODERNA

Não, não é o titulo de um novo programa de culinária, mas podia ser, era suficientemente imaginativo, é o titulo do novo livro da Mumia-Cavaco-Silva, que de onde em onde se desembrulha das tiras de pano do convento aonde se refugia a expensas publicas para compor a reforma, que como sabemos não chega para as despesas. O livro, como se imagina em antevisão e á semelhança dos outros, é um excelente suplemento de papel higiénico para estes tempos de mingua do produto açambarcado por uns quantos, recomenda-se amaciar as folhas antes de usar para evitar arranhadelas desnecessárias.

SALAMEQUICES REGIMENTAIS

Todos ouvimos nas intervenções na AR as salamequices dos intervenientes: “obrigado senhor presidente, senhor fulano de tal”, ora em media, 10 intervenções equivalem a mais de 1 minuto, caso não sejam “joacines”, o que equivale a mais de 300 minutos por ano ou seja 5 horas em palhaçadas, fica caro, e são menos 5 horas por 10 intervenções que se retiram ao debate, engraçado como estes tipos dão importância a salameques em vez de discussão útil. Enfim opções.

REFLEXÃO FINAL- uma ironia hilariante

O argumento feminino de que os homens são uns tipos pouco confiáveis, por só pensarem numa coisa, sexo, é facilmente derrotado pelas evidencias, senão vejamos: MULHER, tem apenas um H, e assim uma MULHER deve ter apenas UM HOMEM, já a palavra HOMEM, tem dois M e daí fácil se depreende que qualquer HOMEM deve ter no mínimo DUAS MULHERES. Óbvio que com as modernices da sexualidade, alguém tem que fazer o sacrifício e ficar com as duas daqueles que abanam a mão enquanto falam. Fica a ideia.

E a China continua a facturar, os países continuam a enriquecer a fabrica-do-mundo, e todos alegremente continuam a gostar dos criadores do COVID-19, isto tudo entre arco-íris da esperança e o “vai ficar tudo bem”. Não, não vai, nem está tudo bem, deixem de ser ingénuos.

Até para a semana.

José Janeiro

 

 

 Voltar

Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome