Edição online semanal
 
Quinta-feira 29 de Outubro de 2020  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

NOTAS da Covid-19

15-05-2020 - Joaquim Jorge

- A vida, com este vírus perdeu, de alguma forma, espontaneidade e liberdade. A vida ficou muito robotizada.

- Não podemos cumprimentar de mão, abraçar e beijar, a quem gostamos e nos damos. Apesar que abraçar, o risco é menor.

- Estamos a aprender a lidar com o vírus e a viver com ele. A vacina é um farol para procurar resolver este problema, mas não há capacidade para vacinar 8.000 milhões de pessoas (população mundial), assim, de repente.

- Segundo David G. Victor, professor de Relações Internacionais da Universidade da Califórnia em S. Diego e de Climatologia e Oceanografia. A melhoria dos níveis de contaminação atmosférica na China, salvou mais vidas do que as mortes de Covid-19. Já morria muita gente com a poluição, mas pouco se noticiava.

- Não há salvo-conduto para sair de casa e voltar ao trabalho! Todo o cuidado é pouco. Há demasiados falsos positivos, e o mais perigoso, há muitos falsos negativos.

- Não entendo o que é que quer dizer "nova normalidade”? Se é nova não é normal, o que é normal não é novo.

- Também não entendo o que quer dizer "distanciamento social"? Distância e social são conceitos antagónicos. Talvez dizer distanciamento físico.

- Nada seguirá sendo igual, depois desta crise de saúde.

- Umas perguntas que ainda não há resposta e nos deixarão a pensar. Que mudanças este vírus vai provocar na sociedade actual? Iremos repensar a urbanização das cidades, em pisos mínimos? Será que muitos de nós voltarão para a aldeia? Muitos dos idosos deixarão de pensar ir para um lar, à espera da morte, ou procurarão ser reintegrados na sociedade?

- É sempre um prazer estar convosco. Cada vez mais, gente me liga para continuar com estas notas. Obrigado.

Biólogo, fundador do Clube dos Pensadores e fundador do Matosinhos Independente

 

 

 Voltar

Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome