Edição online semanal
 
Quarta-feira 27 de Outubro de 2021  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

QUANDO OS IDIOTAS SAEM Á RUA

15-05-2020 - José Janeiro

Por estes dias temos assistido á insensatez exacerbada no espaço político, contra a lógica de raciocínio, goste-se ou não, do deputado André Ventura.

Não quero saber se o CHEGA é de direita, se de uma extrema qualquer, ou outro rótulo com que o queiram colar, apenas sei uma coisa: o gajo mete o dedo na ferida, aonde ninguém tem coragem de o fazer. Claro que isso lhe vale alguns mimos quer pelos idiotas do costume, quer pelos donos das ideias políticas e do politicamente correcto, sabendo eles, que o CHEGA tem razão, falta-lhes a coragem para retirarem as palas dos olhos e sentirem o povo.

O André Ventura, tem tomates para dizer em voz alta o que todos sussurram nos cafés, e isso cria comichão nos do costume, porque nunca conseguiram ter a coragem para por ordem na desordem em que o laxismo destes, que têm no politicamente correcto a sua idiotice mor, criaram, pois acham que vivem num planeta de unicórnios e prados verdes, estando completamente desajustados do que se passa na sociedade. Mas a LOGICA é IMBATIVEL.

Sim, temos vários problemas que urge resolver. Sim, temos problemas criados pelo facilitismo de anos que permitiram a criação de guetos sociais intocáveis. Sim, temos problemas graves transversalmente em distintas áreas da sociedade devido á permissividade que durante décadas foram criando na sociedade. Os problemas são conhecidos, as soluções também, falta-lhes coragem para assumirem os erros e retorno á ordem social.

Tudo isto, valeu ao André Ventura mimos como: Hitler, xenófobo, racista e outras barbaridades que têm apenas um objectivo: desacreditar a lógica das intervenções que ele faz. Quando lhes faltam argumentos, sobram os adjectivos insanos que todos sabem serem apenas insultos sem sentido e sem lógica, provocando um claro “síndrome de avestruz”, não quero ver logo não existe, mas cuidado a avestruz deixa o cu de fora e pode ser enrrabada, nunca se se esqueçam.

Sinceramente NÃO QUERO SABER SE ELE É DE DIREITA, ESQUERDA OU OUTRA MERDA QUALQUER, os rótulos, nada me dizem, quero apenas que definitivamente se resolvam os problemas de vez, que TODOS reconhecem existir e isso dá comichão aos do costume, que durante décadas deixaram, que em prol de uma falsa democratividade, se chegasse aos exageros que hoje assistimos.

CIGANOS, têm feito as mais inacreditáveis atitudes sobre a sociedade e os seus representantes, como a policia. Um cigano conhecido, o Ricardo Quaresma que mal sabe juntar duas palavras, foi usado por alguém para dizer disparates sobre o André Ventura, atacando a proposta de colocação na ordem os seus colegas de comunidade, em vez de reconhecer as diatribes daqueles que não querem ser integrados. Imaginem que se compara a proposta de forçar um confinamento S-A-N-I-T-A-R-I-O para aqueles que se colocam e colocam os demais em risco, como um acto comparável com Hitler versus judeus, mas esta gente come merda ás colheres? São inúmeros os exemplos da comunidade que se acham acima de toda a legislação da república por se auto excluírem e continuarem a viver em guetos e a fazerem emboscadas á policia, é isto que pretende o Ricardo Quaresma? Em vez de usar o destaque que tem, enquanto membro da comunidade, para aconselhar os seus a terem atitudes sociais de integração decidiu-se a por gasolina no fogo. Tristeza.

VALENTINA, a criança barbaramente assassinada pelo pai e madrasta levantou a discussão sobre a necessidade, de á semelhança da maioria da Europa, que endureceu as penas para crimes particularmente horrendos, levando á prisão perpetua, o André Ventura, levou no parlamento a indicação para revisão da pena máxima, logo os do costume, que dormiram durante décadas e nos levaram até aqui, vociferam os mimos habituais. O tiro saiu-lhes pela culatra, pois países como: Espanha, França, Inglaterra e Alemanha, só para referir alguns, perante crimes igualmente horríveis, tiveram a mesma atitude, fizeram a revisão da pena máxima, ou seja, são os lideres desses países também adoradores de Hitler, tomando a mesma lógica, por quererem por ordem no pais. A estupidez no seu melhor. O PAN quis criar uma solução da máxima importância (ironia), imagine-se um observatório, ou seja a solução para os crimes e penas passa por observar e pagar essa parvoíce pelo orçamento do Estado. Os diversos assassinos semelhantes, estão hoje todos eles em liberdade depois de cumprirem um quarto de pena. Inacreditável.

Partilho convosco o absurdo de argumentos contra sobre a proposta da prisão perpetua, assim como a proposta, pois é a única forma de limpar o ruído á volta do tema e equacionarem a razão:

https://www.facebook.com/nelson.reis.7330/videos/1417494821793485/?t=928

Os politiqueiros não aceitam que alguém lhes demonstre que andaram décadas a permitir uma permissividade absurda em nome de uma democracia, que desrespeita em absoluto a primeira regra democrática: a tua liberdade acaba onde começa a do outro.

Como disse anteriormente não quero saber se o André Ventura e CHEGA, se são de direita, ou de outro rotulo qualquer, não estou preocupado com isso, apenas pretendo que se ponha ordem nesta pseudo democracia que é apenas uma permissividade intolerável, de democracia tem pouco.

Mantenham-se limpos.

E a China, a tal democracia que a CDU acha suprema e tem pena de morte, continua a facturar devido ao vírus por eles difundido, lembrem-se disso. 

Até para a semana.

José Janeiro

 

 

 Voltar

Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome