Edição online semanal
 
Sexta-feira 30 de Outubro de 2020  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

HÁ COISAS QUE SÓ A MIM ME ACONTECEM

01-05-2020 - Henrique Pratas

Há dois atrás fui dar uma volta pelo parque que existe perto de minha casa que é confinada com o aeroporto de Lisboa e há coisas que só a mim me acontecem, não sei se sina minha.

Estava eu a dar o meu passeio e aproxima-se de mim um senhor bem vestido e calçado, com ar distinto e pede-me lume, eu respondi-lhe que não fumava. Ele responde-me de imediato não lhe perguntei se fumava ou não o que eu quero é lume. Bem eu por causa desta situação do COVID-19, não lhe dei resposta, porque acho que as pessoas não andam bem, mas não deixei de lhe dizer, “oh, homem, não se preocupe que esse problema se resolve já de imediato”.

Parou uma viatura aproximei-me e pedi ao condutor se tinha isqueiro na viatura para satisfazer o pedido que me tinha sido feito. O condutor foi muito prestável e fez-me o favor que lhe pedi e assim satisfiz o pedido que me foi feito.

Passado esta primeira aproximação, questionei-o se não estava com medo do vírus que tinha aparecido sem pedir permissão, resposta imediata “ o vírus não se mete comigo”, olhei para ele com ar de espanto e ele prescreve-me a receita “olhe bebo meio litro de aguardente de manhã e outro meio litro ao deitar, está bem de ver que o vírus não quer nada comigo”.

Não lhe disse mais nada e pensei cá para comigo, estás com um andamento, mas ainda lhe perguntei, mas é só de manhã e há noite, resposta imediata “para consolidar a situação por vezes durante o dia ainda bebo um ou dois cálices da mesma aguardente”.

Esta é meus amigos alguma parte da realidade do nosso País e a forma como as pessoas se comportam tamanha pandemia, eu não teço juízos de valor se a personagem está certa ou errada o que é facto é que na maneira de ver dele o vírus se trata desta forma.

Cada um foi há sua vida e eu estou a partilhar esta história convosco, mas a caminho de casa, ri-me interiormente de forma abundante e pensei como é que se pode fazer alguma coisa a sério neste País, ele é assim é com isto que temos desaber lidar.

Henrique Pratas

 

 

 Voltar

Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome