Edição online semanal
 
Quinta-feira 29 de Outubro de 2020  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

SALÁRIOS NO FUTEBOL

10-04-2020 - Joaquim Jorge

Os jogadores de futebol das equipas mais ricas vão reduzir uma percentagem do seu salário: uns 30%, outros 70%, outros vários meses sem receber. Parece muito, e, é, não há dúvida nenhuma, estamos a falar de milhões em relação ao comum dos mortais.

Contudo um cidadão normal um corte de 30% tem implicações desastrosas, no seu final do mês com as contas para pagar.

Os jogadores de futebol vivem num planeta à parte, mas quem vive na Terra sabe que este corte dos salários pouca importância tem nas suas vidas. O seu problema é ganharem menos um pouco. Para quem ganha, por exemplo 10 milhões de euros, um corte de 30% equivale a um corte de 3 milhões de euros, mas ainda recebe 7 milhões. Estamos entendidos!

Os salários dos jogadores dos grandes clubes alcançaram somas obscenas e sem jogos, publicidade o dinheiro não aparece. O futebol é uma indústria que está interligada com muita coisa. A primeira é as receitas, a segunda é a publicidade, a terceira é o que recebe nas provas que realiza na Liga dos Campeões e Liga Europa.

A austeridade chegou ao futebol que parecia imparável no seu crescimento e hegemonia.

Esta foi a resposta inevitável, porque o futebol está muito stressado e dependente de liquidez. O futebol funciona em função de resultados que pode alcançar no futuro,isso, por vezes, não é a melhor estratégia de gestão.

Gianni Infantino e aFIFA vão ajudar as equipas e federações que necessitem. Estamos a falar de 2700 milhões, que pode chegar a 5.000 milhões.

É tudo muito bonito, mas com o compromisso de passados uns anos devolverem esse dinheiro. Isto é, não há almoços grátis nem no futebol.

O futebol parecia o olimpo que lidava com milhões mas asua estrutura tem enormes debilidades e não é tão potente como se poderia pensar em função dos números estratosféricos que maneja.

O provérbio, " o rico e o porco, depois de morto", aplica-se neste caso,a Covid-19 veio demonstrar que o futebol não é assim tão rico e pujante.

Fundador do Clube dos Pensadores

*escrevo ao abrigo do antigo AO

 

 

 Voltar

Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome