Edição online semanal
 
Sexta-feira 19 de Abril de 2019  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

Algumas Reflexões Fundamentadas sobre as contas da CGD De 2018

08-02-2019 - Eugénio Rosa

Neste estudo com o titulo “ALGUMAS REFLEXÕES FUNDAMENTADAS SOBRE AS CONTAS DA CGD DE 2018” analiso, utilizando os dados divulgados pela própria administração da CGD, a evolução da situação da CGD, nomeadamente a perda continuada de quota de mercado, quer nos depósitos quer no crédito, assim como aquilo que designo por “massacre dos depositantes” através da redução significativa dos juros pagos aos depositantes e do aumento de comissões cobradas, para compensar a quebra continuada do crédito à economia e às famílias, bem como o fecho de 129 agências e a redução de 869 trabalhadores durante a administração de Paulo Macedo para reduzir os custos operacionais da CGD, para assim obter lucros.

É uma análise diferente da gestão da administração de Paulo Macedo daquela que os órgãos de informação e os economistas convidados pelos media veicularam, sendo um contributo para a reflexão dos portugueses e da própria administração da CGD, pois poderá servir de alerta. A unanimidade nos elogios que se tem verificado poderá ser perigosa para a própria CGD.

Espero que este estudo possa contribuir para um alerta e para uma reflexão fundamentada sobre o banco público que é muito importante para o desenvolvimento do País e para todos os portugueses.

Eugénio Rosa

Economista

Voltar 


Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome