Edição online semanal
 
Quarta-feira 12 de Dezembro de 2018  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

Preço da eletricidade em Portugal é sexto mais alto da EU

30-11-2018 - Alexandre Brito

O preço médio da eletricidade em Portugal é o sexto mais elevado da União Europeia. São dados revelados pelo Eurostat que indicam ainda que mais de metade da fatura da luz vai para taxas e impostos.

De acordo com o gabinete de estatísticas europeu, Portugal ocupa o sexto lugar na tabela dos preços mais elevados elevados de eletricidade. Está nos 22,4 euros por 100 kWh. Sendo que deste valor, mais de metade vai para taxas e impostos. E também aqui estamos no topo. Apenas a Dinamarca cobra um valor mais alto em taxas e impostos para a eletricidade.

De acordo com o Eurostat, o valor médio do preço da eletricidade é mais alto na Dinamarca (€31.3), Alemanha (€29.5), Bélgica (€27.3), Espanha (€23,8), Irlanda (€23,6) e Portugal (€22,4).

O preço médio da eletricidade em Portugal está acima da média da União Europeia - 20,4 euros por 100 kWh. O valor que os portugueses pagam em taxas e impostos - mais de metade do total - está igualmente acima da média dos 28. De acordo com o Eurostat, na primeira metade do ano de 2018, em média, essas taxas e impostos representavam 37% da fatura da eletricidade.

Entre o primeiro semestre de 2017 e o primeiro semestre de 2018, as maiores quebras registadas no preço médio da eletricidade, nos países da União Europeia, aconteceram na Polónia (-4.3%) e Grécia (-3.6 %).

Os maiores aumentos, por outro lado, foram registados na Roménia (+14.1 %), Estónia (+11.7%), Holanda e Croácia (+9.2 %).

Olhando para os 28 países da União Europeia, o preço médio de eletricidade é mais baixo na Bulgária (€9.8 por 100 kWh), Lituânia (€11.0) e Hungria (€11.2). É mais alto na Dinamarca (€31.3), Alemanha (€29.5) e Bélgica (€27.3).

Portugal também com os valores mais altos da Europa no preço do gás

Ainda de acordo com o Eurostat, no que respeita ao preço do gás, as maiores quebras entre o primeiro semestre de 2017 e o de 2018 aconteceram na Estónia (-4.3%), Portugal (-1.8 %) e Luxemburgo (-1.7 %). Os maiores aumentos na Bulgária (+14.9 %), Lituania (+9.3 %) e Holanda (+6.8 %).

No entanto, também no que respeita à média do preço do gás, Portugal está no topo da tabela, onde perfilam os preços mais elevados. A lista é liderada pela Suécia (€11.3), Dinamarca (€9.0) Holanda (€8.2) e Portugal (€8.0)

No fundo da tabela, com os preços mais baixos, estão a Roménia (€3.2), Hungria (€3.6) e Croácia.

Fonte: RTP

 

Voltar 


Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome