Edição online semanal
 
Terça-feira 9 de Março de 2021  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

Endividamento de economia nacional atinge os 368,8% do PIB a fechar 2020

19-02-2021 - João Barros

O resultado, apesar de ficar aquém do máximo de 420% do PIB registado em 2013, reflete bem o impacto da pandemia de Covid-19 na economia nacional, sendo igualmente o reflexo da queda do PIB nacional.

Portugal voltou a registar um agravamento no endividamento da sua economia, com o setor não financeiro a verificar agora 745,8 mil milhões de euros de endividamento no final de dezembro de 2020, de acordo com os dados do Banco de Portugal desta quinta-feira.

Este resultado significa um rácio de 368,8% do PIB, uma subida de mais de 30 pontos percentuais (p.p.) em relação aos 336,8% registados no final do ano de 2019. O indicador divide-se ainda em 342,5 mil milhões de euros referentes ao sector público e 403,3 mil milhões de euros ao sector privado.

A subida do endividamento nas administrações públicas foi suportada por crescimentos em todas os sectores financiadores, num ano em que a pandemia de Covid-19 condicionou fortemente a atividade económica em todo o mundo, incluindo Portugal.

Os particulares viram o seu endividamento disparar 2,3 mil milhões de euros, sendo 2,2 mil milhões contraídos junto do sector financeiro.

Ainda assim, o indicador fica longe do seu máximo histórico, quando, em 2013, registou 420% do PIB nacional. Neste ano transato, a subida agora conhecida deveu-se também à queda do PIB, o denominador deste rácio, que contribuiu com 19,2 p.p. para o resultado.

Fonte: O Jornal Económico

 

Voltar 


Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome