Edição online semanal
 
Quinta-feira 28 de Maio de 2020  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

“Bazuca” do BCE deverá comprar toda a dívida de Portugal para cobrir impacto da pandemia

22-05-2020 - Zap

O Banco Central Europeu (BCE) deverá comprar até 15,8 mil milhões de euros em obrigações do Tesouro português esta ano, ficando, assim, com toda a dívida portuguesa emitida para cobrir o impacto económico da pandemia de covid-19, avança o ECO.

Apesar de o Governo ainda não ter dado a conhecer o impacto orçamental da covid-19, o ministro das Finanças, Mário Centeno, apontou, em março, para um “choque inimaginável” na economia portuguesa que cause uma deterioração do saldo orçamental na ordem dos seis a sete mil milhões de euros em 2020.

Tendo em conta as as estimativas do Fundo Monetário Internacional (FMI) para o défice português de 7,1% de um PIB, o valor pode mesmo aproximar-se de  13,9 mil milhões  de euros.

O Governo  alargou a margem do Tesouro  para se financiar a médio e longo prazo no mercado e a Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) anunciou que iria reajustar as idas ao mercado.

De acordo com o ECO, Portugal está a aproveitar a “bazuca” do BCE, que lançou o Programa de Compras de Emergência Pandémica com 750 mil milhões de euros. Segundo o jornal económico, qualquer cenário de défice – do Governo ou do FMI – pode ser  acomodado com emissões de dívida totalmente subscritas pelo BCE .

A chave indicativa para Portugal é 2,34% do total, o que representa entre 12,8 mil milhões e 15,8 mil milhões de euros. A este montante acresce o programa de dívida pública que pode dar mais 400 milhões de euros a Portugal.

BdP e BCE têm um quinto da dívida pública

De acordo com o Relatório da Implementação da Política Monetária de 2019, divulgado na terça-feira, o Banco de Portugal (BdP) tem cerca de 2,1% da dívida pública portuguesa. Segundo o Diário de Notícias, isso representa  46,2 mil milhões  de euros em Obrigações do Tesouro nacionais.

Além disso, o BCE tem  3,9 mil milhões  de euros em Obrigações do Tesouro portuguesas.

As duas parcelas somadas dão 50,1 mil milhões de euros ( 20%  do endividamento). No final de 2019, a dívida portuguesa ia em 250 mil milhões de euros.

Com compras de dívida pública aos bancos comerciais de modo a fazer baixar as taxas de juro soberanas, o balanço do BdP  cresceu de forma significativa  e nunca o banco foi tão grande como hoje. Além disso, nunca houve tanta dívida pública detida pelo BdP como agora.

ZAP

 

Voltar 


Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome