Edição online semanal
 
Segunda-feira 17 de Junho de 2019  
Notícias e Opnião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

Os Condutores que temos

22-11-2013 - Eduardo Milheiro

Condutores, eu mais lhes chamaria criminosos em potência, visto que a sua condução pode provocar danos irreparáveis em quem conduz todos os dias em Almeirim, vou descriminar alguns dos factos que vejo todos os dias;

- Gente que passa pelos stops como cão por vinha vindimada
- Gente que anda de marcha atrás para sair de ruas só com um sentido para não andar mais 100 metros
- Gente que anda a conduzir sempre com o telefone no ouvido
- Gente que parece que os seus veículos não têm piscas, mudam de direcção sem dar sinal nenhum
- Nas rotundas entram e saiem de qualquer maneira sem dar indicação com os piscas para onde vão
- Gente que para em qualquer lado, deixando os outros condutores com obrigação de fazer tangentes para passar
- Gente que conduz a velocidades elevadas nas ruas estreitas da cidade ignorando que pode sair uma criança de casa a correr e que não conseguir parar a tempo de evitar uma tragédia

Esta espécie de condutores, são mais energúmenos do que cidadãos normais, educação não têm nenhuma, pensam que são educados mas não são, são umas bestas, e potencialmente uns criminosos.

Este tipo de gentinha, que me obrigam a parar em cruzamentos em que não tenho STOP, mas tenho de parar para não levar com um destes condutores arrogantes e estúpidos e cima, a quem foi dada uma licença de condução como lhes poderiam ter dado uma licença para matar.

Na zona da Tróia, onde existe um sem número de cruzamentos pelo desenho urbano da mesma, conduzir nesta zona é a mesma coisa que dar-mos uma volta nos carrinhos de choque das feiras, é um verdadeiro milagre não haver mais acidentes graves, pois muitas vezes a velocidade que estes energúmenos usam é digna de pistas de corridas de automóveis.

Gajos e gajas, passam pelas rotundas com o telefone colado ao ouvido sem ver nada nem ninguém, grandes carros ou grandes sucatas, mas mesmo assim sempre inchados, parecendo que são os reis do mundo e que tudo o resto é paisagem.

Na falta de repressão que deveria haver para esta gente, só me resta dizer, tenham juízo que já são grandes, matem-se a vocês mas não matem os outros.

Eduardo Milheiro

Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome