Edição online semanal
 
Quarta-feira 12 de Dezembro de 2018  
Notícias e Opnião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

Prestação de Serviços

21-09-2018 - Henrique Pratas

Normalmente zurzimos sobre os factos quer nos rodeiam eu no caso vertente venho elogiar o funcionamento dos Serviços de Finanças de Almeirim.

Na semana passada tinha uma coisa que tratar nas Finanças e em vez de o tratar em Lisboa, onde o atendimento é de má qualidade e fastidioso porque tem que se esperar horas sem fim e como ia passar o fim de semana na aldeia dos meus avós, pensei passar por Almeirim e dirigir-me ao respetivo Serviço de Finanças e tratar do que tinha a tratar.

A maior dificuldade que tive foi encontrar os Serviços de Finanças, porque ou eu não vi, mas não existem placas que indiquem o local onde estão a funcionar, mas nada que não se ultrapassasse perguntando a um habitante que me indicou o local onde ficava, no decorrer desta procura passei por algumas ruas e reparei que existem muitos locais destinados ao parqueamento de viaturas, o que eu não entendo é ter encontrado algumas delas mal estacionadas ou estacionadas inconvenientemente.

Mas voltando ao tema que me leva a escrever este texto, o atendimento do vosso Serviço de Finanças foi excelente. Quando cheguei retirei a respetiva senha esperei uns instantes e fui atendido soberbamente, por pessoas que são assistentes técnicos a quem o Estado paga miseravelmente mas que têm por filosofia e forma de atender o contribuinte de forma diligente e dando-lhe todas as informações que pretende. Aliás, uma das senhoras com quem falei, teve a gentileza que não era natural de Almeirim, que tinha vindo para ali há 30 anos e como gostou da forma como foi acolhida decidiu ficar e sente-se bem como residente em Almeirim, fiquei contente ao ouvir isto, caramba haja alguém feliz.

Como lhes escrevi fui muito bem atendido e o que queria fazer foi feito, tendo-me sido informado que em pouco tempo a plataforma da Autoridade Tributária já refletiria a alteração que pretendia e assim foi, isto ocorreu numa sexta-feira e na segunda-feira seguinte, já se encontrava espelhada a alteração pretendida na referida plataforma.

Escrevo-lhes este texto porque senti que as pessoas eram eficientes, eficazes e diligentes o que não acontece nesta “selva” que se designa pela Grande Lisboa, senti que havia tempo, a correria não existia e a preocupação de quem estava no atendimento ao público era para além de tratar das situações tributárias dos contribuintes era que eles não saíssem dali com dúvidas.

Gostei, entendo que esta forma de trabalhar é que é a correta, profissionalismo acima de tudo, sem qualquer tipo de pressa, pensei que estava noutro planeta, mas não estava mesmo em Almeirim, cidade que faz parte deste pequeno País.

Henrique Pratas

 

Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome