Edição online semanal
 
Quarta-feira 14 de Novembro de 2018  
Notícias e Opnião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 
DOSSIERS
 
Plano de actividades: instrumento potenciador da função social do Museu

16-05-2014

(continuação)

6.3.1.6 – Interpretação e exposição

 

“1 – A interpretação e a exposição constituem as formas de dar a conhecer os bens culturais incorporados ou depositados no museu de forma a propiciar o seu acesso pelo público.

2 – O museu utiliza, sempre que possível, novas tecnologias de comunicação e informação, designadamente a Internet, na divulgação dos bens culturais e das suas iniciativas.” (Lei n.º47/2004: 5384)

Segundo Francisca Hernández (1998), os objectos podem não ser, por si só, veículos de comunicação óbvios e imediatos. A comunicação possui assim uma gradação que varia segundo o tipo de públicos, possuidores de diferentes motivações, faixas etárias, nível cultural, etc. (p. 202).

Na constituição de uma exposição deverão ser equacionados o tipo de objectos a expôr, avaliando-se a sua representatividade em determinado conteúdo.

Sempre que necessário o discurso expositivo deverá ser complementado com os suportes necessários à melhoria do poder comunicativo da exposição, dado que a eficácia da mesma depende disso mesmo.

6.3.1.6.1 - Proposta no âmbito do Plano de Actividades

Acção: organização de visitas acompanhadas a diferentes tipos de público (infantil-juvenil, adulto e com deficiência). Relativamente ao público com necessidades especiais, o Museu procurará uma abordagem específica, de acordo com as orientações das técnicas de ensino especial do Centro de Recuperação Infantil de Almeirim (CRIAL). Elaboração de catálogos sobre o acervo; desenvolvimento de exposições itinerantes a deslocar para as diferentes escolas do primeiro ciclo do Concelho, sob diversas temáticas, tendo em consideração as existências. Neste âmbito, propusémos uma primeira exposição sobre brinquedos antigos, em que seriam mostrados objectos do Museu e angariados outros junto da comunidade, consoante as necessidades de representação.

Intervenientes: Museu, CRIAL [1] (técnicos e utentes) eagrupamentos de escolas do Concelho.

Objectivos: identificar as deficiências de comunicação ao nível da documentação de apoio, da sinaléctica e da identificação dos objectos, designadamente no domínio de públicos com necessidades especiais; desenvolver a prática de exposições itinerantes; divulgação do acervo, sensibilizando e estimulando o estudo técnico de objectos selecionados do património municipal.

[1] Centro de Recuperação Infantil de Almeirim.

Milheiro*, Marta (2013) Contributos para uma candidatura à Rede Portuguesa de Museus – o caso do Museu Municipal de Almeirim (trabalho de Projecto para obtenção do grau de Mestre em Museologia).

*Licenciada em História da Arte e Mestre em Museologia pela FCSH - Universidade Nova de Lisboa.

 

 

Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome