Edição online semanal
 
Terça-feira 17 de Julho de 2018  
Notícias e Opnião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 
DOSSIERS
 
Plano de actividades: instrumento potenciador da função social do Museu

09-05-2014

(continuação)

6.3.1.5 – Área: Segurança

  “1 – O museu deve dispor das condições de segurança indispensáveis para garantir a protecção e a integridade dos bens culturais nele incorporados, bem como dos visitantes, do respectivo pessoal e das instalações.” (Lei n.º 47/2004: 5383)

Da mesma forma, reconhecemos que os bens culturais se encontram à mercê de uma série de riscos que deverão ser evitados. Falamos de meios físicos, mecânicos e electrónicos que visem a minimização das probabilidades de furto ou vandalismo dos objectos (Hernández, 1998: 251).

Os procedimentos enunciados na Lei-quadro, no domínio da segurança dos acervos prendem-se, sobretudo, com a definição de um plano de segurança e com as restrições de objectos à entrada. No regulamento interno do estudo de caso, estão contemplados estes aspectos, especificamente no Artigo 15.º, que proíbe a entrada de equipamento de vídeo ou fotográfico sem prévia autorização; a entrada de pessoas com malas ou objectos de grandes dimensões, susceptíveis de causar danos nos equipamentos ou objectos.

6.3.1.5.1 - Proposta no âmbito do Plano de Actividades

Acção: promover sessões de sensibilização patrimonial – com o apoio das forças de segurança - alertando e transmitindo procedimentos que sejam seguros para os acervos e equipamentos, formando e informando os diferentes tipos de públicos, com a dupla intenção de responder às exigências de lazer e fruição da sociedade de consumo, numa atitude consentânea com as características dos espaços e exposições. Estas sessões seriam veículos úteis na valorização do acervo junto de outras entidades/parceiros, numa perspectiva de aquisição de equipamentos de segurança para o Museu (angariação de mecenato).

Intervenientes: Museu Municipal de Almeirim, forças de segurança e públicos diversificados.

Objectivos: protecção do acervo e espaços do museu numa lógica de minimização de riscos; definição de um plano de segurança (com a colaboração da Guarda Nacional Republicana e Bombeiros Voluntários de Almeirim); instalação de alarme contra roubo e incêndios; incentivar à atitude cívica dos públicos no domínio da protecção do património, identificando comportamentos suspeitos ou de risco.

Milheiro*, Marta (2013) Contributos para uma candidatura à Rede Portuguesa de Museus – o caso do Museu Municipal de Almeirim (trabalho de Projecto para obtenção do grau de Mestre em Museologia).

*Licenciada em História da Arte e Mestre em Museologia pela FCSH - Universidade Nova de Lisboa.

 

 

Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome