Edição online semanal
 
Segunda-feira 21 de Maio de 2018  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

IndieLisboa arranca esta semana e exibe quase 250 filmes

27-04-2018 - Redacção

São quase 250 obras que entre quinta, 26 de Abril, e 6 de Maio ocuparão as principais salas de cinema da cidade, numa selecção de produções nacionais e internacionais que visitam o universo de cineastas recentes, consagrados e únicos. Partindo da Culturgest, do Cinema São Jorge, do Cinema Ideal, da Cinemateca e da Biblioteca Palácio Galveias, a décima quinta edição do IndieLisboa – Festival Internacional de Cinema, volta a marcar pela aposta na produção nacional, são 49 filmes portugueses que, este ano, se mostram no evento; e na criação de um conjunto de iniciativas complementares que, da conversa à música, promovem o diálogo com e sobre o cinema. Um destaque especial, neste 2018, para as mulheres, que, nas sessões de curtas metragens da Competição Internacional, realizaram 18 filmes, de um total de 33.

Aposta forte este ano para o calendário de actividades especiais, com três cine-concertos: Screenplay, de John Parish (4 de Maio na Culturgest), Strá..Tum..Pschh, com Joaquim Albergaria e Ricardo Martins (28 de Abril, na Culturgest) e My Macau, uma cine-performance com António-Pedro (30 de Abril, no Cinema São Jorge). São muitos ainda os debates que marcam as sessões de cinema do evento. Será possível o encontro com os Heróis Independentes, Lucrecia Martel (29 de Abril, na Culturgest) e Jacques Rozier (30 de Abril, na Cinemateca Portuguesa), estando ainda previsto um debate sobre as relações entre política e cinema com João Salaviza, Marco Martins, Maria Augusta Ramos e Rüdiger Suchsland (3 de Maio, Biblioteca Palácio Galveias). Para os profissionais e curiosos do cinema haverá uma masterclass pós-produção de imagem e mistura de som, orientada pelo Walla Collective (27 Abril, na Biblioteca Palácio Galveias), uma aula de cinema com análise do filme  Le monde vivant , orientada pelo jornalista e crítico Boyd van Hoeij (30 Abril, na Biblioteca Palácio Galveias) ou uma discussão em torno da programação deste ano com críticos e jornalistas (4 Maio, na Biblioteca Palácio Galveias).

Na secção familiar e infantil do festival, o IndieJúnior, as oficinas completam, com desafios, a programação de cinema. Na oficina O teu “animanimal”, a realizadora alemã Julia Ocker partilha a forma como chega às ideias para os seus filmes (1 de Maio, Cinema São Jorge); numa cine-oficina, a bailarina e coreógrafa Yola Pinto vai propor uma imersão no trabalho da artista plástica Anne Vasof (29 de Abril, Cinema São Jorge). Nas outras três oficinas orientadas pela Volta Fica, desenham-se outras pontes para outros filmes da programação. Haverá ainda espaço para vermos as escolhas da turma do 9ºE da Escola D. Filipa de Lencastre, na sessão Eu Programo um Festival de Cinema, ou para estar “à vontade” nas sessões descontraídas do evento, onde o silêncio não vai ser uma imposição.

Último destaque para a sessão única de cinema ao ar-livre, a ter lugar no Cine-Teatro do Capitólio, dia 30 de Abril, com a passagem única de As Boas Maneiras, de Juliana Rojas e Marco Dutra, em noite de lua cheia.

A programação completa do festival pode ser consultada em www.indielisboa.com. Os bilhetes já podem ser comprados nas bilheteiras centrais da Culturgest, Cinema São Jorge, no Cinema Ideal e no site da Ticketline.

Fonte: Comunidade Cultura e Arte

 

Voltar 


Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome