Edição online semanal
 
Domingo 25 de Fevereiro de 2018  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

Benjamin Moser, Clara Ferreira Alves e José Luís Peixoto no Festival Literário da Madeira

02-02-2018 - por Redacção

Benjamin Moser, Clara Ferreira Alves e José Luís Peixoto juntam-se aos já anunciados Otessa Moshfegh, Eleanor Catton, Sofi Oksanen, Esther Mucznik, Frei Bento Domingues e Sheik David Munir.

A 8ª edição do FLM decorre entre 13 e 17 de Março sob o tema “Jornalismo e Literatura – palavra que prende, palavra que liberta”, reunindo uma vez mais na ilha da Madeira alguns dos maiores nomes da literatura, jornalismo e música.

Aldina Duarte é a artista convidada para o espectáculo musical desta edição, que terá lugar no Teatro Municipal Baltazar Dias, a 16 de Março. Os bilhetes já estão à venda.

Benjamin Moser

Benjamin Moser nasceu em Houston em 1976. Estudou nas faculdades de Brown (EUA) e Utrecht (Países Baixos), onde recebeu o doutoramento. O seu primeiro livro, Porquê este mundo: uma biografia de Clarice Lispector, recebeu vários prémios e nomeações, foi editado e traduzido pelo mundo inteiro, e abriu o caminho para a redescoberta internacional da obra da escritora brasileira, de quem é editor da nova tradução completa para o inglês. É colunista do The New York Times, fala oito idiomas, e em 2016 publicou Autoimperialismo: Três ensaios sobre o Brasil. Está a terminar a biografia autorizada de Susan Sontag. Vive entre a França e a Holanda.

Clara Ferreira Alves

Clara Ferreira Alves é escritora e jornalista, editora e crítica literária. Licenciada em Direito pela Universidade de Coimbra, trocou a advocacia pela escrita. Editora e redactora principal do jornal Expresso onde assina a coluna Pluma Caprichosa. Fez jornalismo de guerra. Autora de programas culturais e documentários na televisão e do programa de comentário político Eixo do Mal.
Clara Ferreira Alves foi também directora da Casa Fernando Pessoa e da revista literária Tabacaria. Autora de uma colecção de crónicas, Pluma Caprichosa, das ficções Passageiro Assediado e Mala de Senhora e de uma colecção de ensaios, Estado de Guerra. Publicou, em 2014, vários contos e, em 2015, o romance Pai Nosso.

José Luís Peixoto

José Luís Peixoto nasceu em Galveias, em 1974.
É um dos autores de maior destaque da literatura portuguesa contemporânea. A sua obra ficcional e poética figura em dezenas de antologias, traduzidas num vasto número de idiomas, e é estudada em diversas universidades nacionais e estrangeiras.
Em 2001, acompanhando um imenso reconhecimento da crítica e do público, foi atribuído o Prémio Literário José Saramago ao romance Nenhum Olhar . Em 2007, Cemitério de Pianos recebeu o Prémio Cálamo Otra Mirada, destinado ao melhor romance estrangeiro publicado em Espanha. Com Livro , venceu o prémio Libro d’Europa, atribuído em Itália ao melhor romance europeu publicado no ano anterior, e em 2016 recebeu, no Brasil, o Prémio Oeanos com Galveias . As suas obras foram ainda finalistas de prémios internacionais como o Femina (França), Impac Dublin (Irlanda) ou o Portugal Telecom (Brasil). Na poesia, o livro Gaveta de Papéis recebeu o Prémio Daniel Faria e A Criança em Ruínas recebeu o Prémio da Sociedade Portuguesa de Autores. Em 2012, publicou Dentro do Segredo , Uma viagem na Coreia do Norte , a sua primeira incursão na literatura de viagens. Os seus romances estão traduzidos em mais de vinte idiomas.

Fonte: Comunidade Cultura e Arte

 

Voltar 


Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome