Edição online quinzenal
 
Sexta-feira 12 de Agosto de 2022  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

Património cultural ucraniano em risco

29-04-2022 - Forbes

São sete os monumentos de valor patrimonial e cultural ucranianos que estão em risco com a guerra agora instalada.

De acordo com a UNESCO existem sete lugares classificados como património mundial na Ucrânia e que vivem sob a ameaça de serem destruídos. Eles são:

Kiev: Catedral de Santa Sofia de Kiev, Conjunto de Edificações Monásticas e Monastério de Kiev-Petchersk (1990)

Lviv: Conjunto do Centro Histórico (1998)

Arco Geodésico de Struve (2005) (sítio internacional em dez países)

Florestas Primárias de Faia dos Cárpatos (2007) (sítio transfronteiriço com a Eslováquia)

Residência dos Metropolitas da Bucovina e da Dalmácia (2011)

Cidade Antiga de Queroneso e sua Chora (2013)

Tserkvas de madeira da região dos Cárpatos na Polónia e Ucrânia (2013)

Catedral de Santa Sofia de Kiev

Trata-se de um dos monumentos mais conhecidos da cidade de Kiev, a Catedral de Santa Sofia é a mais antiga catedral da cidade. Existe confusão em relação à data oficial da construção, não existindo certeza se foi em 1037 ou 1011, no entanto, segundo a UNESCO, a data oficial de construção é 1011, dado que celebraram o milésimo aniversário da catedral em 2011.

Constituída por treze cúpulas, cinco naves e cinco absides, estando rodeada por galerias de duplo pé direito e situada na zona mais alta de Kiev, com o intuito de mostrar o poder do Príncipe Yaroslav, a catedral demorou mais de duas décadas a ser construída.

Desde o século XI até meados do século XVI a catedral foi alvo de ataques, caindo em desuso. Só no ano 1633, sob a supervisão do arquiteto italiano Octaviano Mancini, é que as obras de restauro à catedral começaram.

Hoje em dia, a catedral serve como espaço de visita e preservação da história ucraniana, sendo não só o edifício digno de preservação, mas também os diversos mosaicos e frescos dentro do mesmo.

Lviv: Conjunto do Centro Histórico

A cidade de Lviv foi fundada no final da Idade Média e tornou-se um centro religioso, comercial e administrativo devido à sua posição geográfica favorável. Hoje em dia serve como centro histórico, arquitectónico e artístico que reflecte o impacto da influência europeia (de Itália e Alemanha em específico) na cidade de Lviv. O centro histórico está dividido em duas áreas: a área principal, constituída pelo castelo Vysokyi Zamok, a sua área em redor (Pidzamche) e o centro da cidade, e a área secundária, constituída pela catedral de St. Yuri.

A cidade reteve a sua topografia original, com uma colina, onde o castelo assenta, e diversos caminhos e percursos desenvolvidos desde o século XIII até ao século XVII. Existem vestígios de ocupação de diversas comunidades étnicas representadas pelos edifícios existentes tais como mesquitas e sinagogas.

Residência dos Metropolitas da Bucovina e da Dalmácia

Construída entre 1864 e 1882 e projetada pelo arquiteto tcheco Josef Hilávka, a Residência dos Metropolitas da Bucovina e da Dalmácia, em Hernivtsi foi considerada património mundial pela Unesco em 2011.

Este edifício representa diversos estilos arquitetónicos, sendo o seu estilo inicial bizantino. É um excelente exemplo de arquitetura historicista do século XIX, incluindo um seminário e um mosteiro. A igreja do seminário, de planta cruciforme coberta por uma cúpula, tem um jardim e um parque adjacentes. Este edifício representa a influência e presença que a igreja Ortodoxa teve durante este período, refletindo a política de tolerância religiosa mantida pelo império austro-húngaro.

Florestas Primárias de Faia dos Cárpatos

Trata-se de património natural de caráter transnacional de 18 países, incluindo a Ucrânia. Composto por mais de cinquenta bosques, principalmente de faias, foi considerado património pela UNESCO em 2007.

Embora faça parte de dezoito países, mais de 70% da área total está localizada na Ucrânia, fazendo parte dessa área a floresta primária de faia Uholka-Shyrokyi Luh, classificada como património mundial em 1992 e mais tarde em 2007 como parte das Florestas Primárias de Faia dos Cárpatos. A floresta é um local importante para investigação e estudo sobre a evolução da vida vegetal.

Arco Geodésico de Struve

O Arco Geodésico é um conjunto de triangulações geodésicas que se estendem desde Hammerfest (Noruega) até ao Mar Negro. Atravessa dez países e tem cerca de 2820 km de comprimento. Os vértices desta triangulação foram estabelecidos numa campanha liderada pelo astrónomo germano-báltico Friedrich Georg Wilhelm von Struve, entre 1816 e 1855. A campanha resultou na primeira medição de um longo segmento de meridiano, o que permitiu estabelecer o tamanho e forma do nosso planeta, marcando um desenvolvimento das Ciências da Terra, Cartografia, Geodesia e Topografia.

Cidade Antiga de Queroneso e sua Chora

Quersoneso era uma antiga colónia grega fundada há aproxidamente 2500 anos na região sudoeste da Crimeia, então conhecida como Táurica. Atualmente as ruínas desta cidade, descobertas através de escavações iniciadas pelo governo russo em 1827, encontram-se nos subúrbios da cidade de Sebastopol. As escavações revelaram edifícios de influência grega, romana e bizantina. As muralhas têm centenas de metro de perímetro e ainda foram escavados um anfiteatro e um templo grego. Hoje em dia, serve como uma atração turística protegida tanto pelo estado como pela UNESCO, como património cultural.

Tserkvas de madeira da região dos Cárpatos na Polónia e Ucrânia

As Tserkvas (Церква: tserkva significa “igreja” em ucraniano) são um grupo de igrejas de madeira católicas/ortodoxas na Polónia e na Ucrânia. Fazem parte deste conjunto dezasseis igrejas (oito polacas e oito ucranianas), construídas e/ou reconstruídas entre os séculos XVI e XIX.

Foram consideradas património por: “representarem a expressão cultural de quatro grupos etnográficos e as características formais, decorativas e técnicas que foram desenvolvidas” (Unesco, 2013).

Fonte: Forbes

 

Voltar 


Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome