Edição online semanal
 
Sexta-feira 20 de Setembro de 2019  
Notícias e Opnião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo

Questões Oportunas

PROGRAMAS TELEVISIVOS
29-03-2019 - Henrique Pratas

Para elevar o nível cultural dos portugueses a SIC e a TVI, decidiram colocar no ar dois programas antes do telejornal perfeitamente inqualificáveis a meu ver. Um deles designa-se por carro do amor e outro quem quer casar com um agricultor, eu tenho as minhas dúvidas que estes programas deem audiências, mas se eles são colocados em horário nobre é porque dão.

Mais uma coisa que eu nunca esperei ver na minha vida, aquilo não se tem por onde se pegue e será que quem participa naqueles programas já estão numa do vale tudo para obter alguns proveitos ou divulgar a imagem. Eu que não sou nada conservador, entendo que os mesmos são um atentado há inteligência humana, mas se o Povo gosta que hei de eu fazer, nada, a não ser demonstrar a minha indignação, com tanto escritor, músicos em vez de acrescentarem valor cultural passam estas misérias de programas, que nem sequer correspondem há realidade da vida dos portugueses, acho pura e simplesmente um asco o que a qualidade de programas que os diferentes canais de televisão passam.

Eu por mim já a dispenso, vejo uma série ou outra e pouco mais, nem os telejornais vejo porque são mais um chorrilho de desinformação, pior do que isto só antes do 25 de abril de 1974, onde o canal existente na altura e propriedade do Estado se limitava a fazer propaganda ao mesmo e agora o que é que assistimos, ao mesmo só quede uma forma supostamente democrática, é que nem as moscas mudam, o resto mantem-se constante.

Mais uma vez nunca pensei que descêssemos tão baixo, é mau demais para ser verdade e mais uma vez não se vê meio de pôr termo a este tipo de coisas. Uns afirmam quem quer ver que veja, quem não quer que desligue a televisão, mas isto não é tão simples assim, a maior parte de nós paga para ter televisão em casa e ainda por cima tem que ver o que nos querem impingir, o mercado de livre concorrência não funciona assim, como sabem, será que ao nível cultural não podíamos dar visibilidade a outras áreas da cultura, essas sim que poderiam contribuir para melhorar a cultura dos portugueses? Ou será que estes iriam incomodar o “estado” de regime supostamente democrático que sempre nos estão a dizer que vivemos, cheguem de nos enganarem.

Henrique Pratas

 

 

 

Voltar

 

Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome