Edição online semanal
 
Segunda-feira 24 de Setembro de 2018  
Notícias e Opnião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo

Questões Oportunas

Portugal é o 4º país mais pacífico do mundo, será que ainda somos?
14-09-2018 - N.A. com Sabado

Em 2017, o país estava em 3º lugar neste ranking. Islândia é o país mais pacífico do mundo, mas com a vaga de homicídios dos últimos tempo será que Portugal ainda mantem este lugar.

Portugal é o 4.º país mais pacífico do mundo, indica o relatório do Índice Global da Paz, publicado em Junho. À frente de Portugal estão Áustria, Nova Zelândia e, em primeiro lugar, a Islândia. Há um ano, Portugal estava em terceiro lugar, tendo sido ultrapassado pela Áustria.

Esta é a 12.ª edição do Índice Global da Paz, promovido pelo Instituto para Economia e Paz e que classifica 163 Estados independentes e o seu território, de acordo com 23 indicadores qualitativos e quantitativos, como: a violência policial, segurança pública, taxa de homicídio, terrorismo, justiça social, participação em conflitos, grau de militarização e gastos com armas.

De todos os países analisados, 92 viram a sua posição no ranking diminuir com apenas 71 a melhorarem. Portugal não foi excepção, com a sua média global a piorar pelo quarto ano consecutivo, descendo 0,27% em 2017.

Apesar da "instabilidade política, impacto do terrorismo e percepções de criminalidade", a Europa manteve o estatuto de região mais pacífica do mundo, enquanto Médio Oriente e o Norte de África são as regiões menos pacíficas. Esta região (conjunta) não tem um único país posicionado acima da 40.ª posição no ranking.

O estudo, citado pelo jornal Observador, afirma ainda que o impacto económico da violência foi de 14.76 biliões de dólares (cerca de 12.75 biliões de euros), o equivalente a 12,4% do PIB global.

 

 

 

Voltar

 

Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome