Edição online quinzenal
 
Domingo 16 de Junho de 2024  
Notícias e Opnião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

IRS. Aprovada a proposta do PS

07-06-2024 - RTP

Depois do chumbo da nova tabela de taxas dos escalões do IRS propostas pelo PSD e CDS-PP, a proposta dos socialistas foi aprovada na comissão de Orçamento, Finanças e Administração Pública. Foi aprovada a proposta do PS para reduzir as taxas de IRS com os votos contra do PSD e CDS e abstenção do Chega.

Os deputados da Comissão de Orçamento e Finanças  aprovaram hoje a proposta do PS sobre redução das taxas do IRS até ao 6.º escalão, mas mantendo as taxas dos escalões seguintes, o que a diferenciava da proposta do Governo. A proposta do PSD e CDS previa a descida das taxas de IRS até ao oitavo escalão.

A proposta do Governo teve os votos contra de PS, PCP, BE e Livre e a abstenção do Chega

Pedro Nuno Santos defende que a proposta do PS para o IRS  foi aprovada por ser socialmente mais justa que a do Governo, já que diz que seriam os mais ricos a beneficiarem da redução. Acusa o executivo de Luís Montenegro de fugir ao diálogo.

O secretário-geral do PS rejeita que haja alguma aliança entre os socialistas e o Chega e diz que a aprovação foi permitida, sim, pelos partidos de esquerda.

Os deputados dos partidos que dão apoio falaram de "conluio" entre o PS e o Chega e uma coligação negativa.

O deputado Rui Afonso, do  Chega, justificou a posição do seu partido, salientando que a proposta do PS é mais vantajosa e abrange um maior número de contribuintes.

A taxa marginal atualmente em vigor sobre os sexto, sétimo e oitavo escalões do IRS é de, respetivamente, 37, 43,5 e 45 por cento.

 

Voltar 


Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Coordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome