Edição online quinzenal
 
Domingo 16 de Junho de 2024  
Notícias e Opnião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

Gabinete de guerra israelita anuncia retoma das negociações com Hamas

24-05-2024 - Lusa

O Gabinete de Guerra de Israel anunciou hoje que vai retomar as negociações com o Hamas para o regresso dos reféns, que estão retidos em Gaza desde 07 de outubro.

Em comunicado, aquela estrutura ordenou à equipa de negociação que retomasse o seu trabalho, que tinha sido interrompido em 10 de maio, após uma tentativa de acordo no Cairo que Israel rejeitou.

A decisão surge depois de na quarta-feira, o Egito ter ameaçado retirar-se como mediador do conflito entre Israel e o Hamas devido a acusações de ter feito uma má gestão da última ronda de negociações, que fracassou, segundo o jornal The Times of Israel.

"As tentativas de semear dúvidas e ofender os esforços de mediação do Egipto (...) só levarão a maiores complicações da situação em Gaza e em toda a região e levarão o Egito a retirar-se completamente da mediação no conflito", disse Diaa Rashwan, que atua como porta-voz do governo egípcio.

O Gabinete abre assim a porta a uma nova ronda de negociações, paradas desde 10 de maio, quando tanto Israel como o Hamas retiraram as suas delegações do Cairo, depois de não terem conseguido chegar a acordo sobre a proposta de cessar-fogo e troca de reféns por prisioneiros apresentada pela organização islâmica e pelos mediadores.

O Hamas acusou então Israel de devolver as negociações "à estaca zero", enquanto as autoridades israelitas disseram que os islamitas tinham modificado questões essenciais no acordo proposto já depois de o aceitarem.

Dos 253 sequestrados em 07 de outubro, 124 permanecem no enclave, 40 deles mortos segundo Israel e mais de 70 segundo o Hamas, embora haja quatro outras pessoas feitas reféns há anos, duas delas morreram.

Desde o início da guerra, Israel e o Hamas só chegaram a um acordo de trégua de uma semana no final de novembro, que permitiu a libertação de 105 reféns em troca de 240 prisioneiros palestinianos.

Além disso, quatro reféns foram libertados pelo Hamas em outubro, três foram resgatados pelo Exército -- dois deles há algumas semanas numa operação bem-sucedida em Rafah -, enquanto os corpos de 17 foram recuperados, três dos quais foram mortos por engano pelas tropas israelitas.

 

Voltar 


Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Coordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome