Edição online semanal
 
Terça-feira 24 de Abril de 2018  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

SOBRE O IRS

12-01-2018 - Eugénio Rosa

Neste estudo com o titulo "OS EFEITOS, NOS RENDIMENTOS DOS TRABALHADORES E DAS FAMÍLIAS, DO AUMENTO ENORME DE IRS NO GOVERNO PSD/CDS, E DA REDUÇÃO INSUFICIENTE DO IRS PELO GOVERNO PS" analiso não só o aumento enorme de IRS cobrado pelo governo do PSD/CDS às famílias, comparando-o com o do governo PS, mas também a reduzida redução do IRS realizada pelo governo PS para o reverter.

E para isso utilizo os dados dos Relatórios que acompanham o Orçamento do Estado para cada ano elaborados pelos governos, e os ganhos médios dos trabalhadores do setor privado a nível nacional e os ganhos médios dos trabalhadores da Função Pública (total, do Técnico superior, do Assistente técnico, do Assistente Operacional, e do enfermeiro), referentes aos anos de 2011, 2015, 2017 (E) e 2018 (P) com base nos quais faço simulações e a partir delas tiram-se conclusões que permitem ficar com uma ideia clara da dimensão dos seus efeitos nos rendimentos dos trabalhadores e das famílias.

Para evitar erros de interpretação é importante ter presente que nas simulações feitas se utilizam ganhos médios de cada uma das categorias analisadas, que corresponde à media dos ganhos dos trabalhadores que integram essa categoria, e não o ganho de cada trabalhador em concreto.

Espero que este estudo possa ser útil para a reflexão e debate sobre uma tema muito importante para todos os portugueses já que permite ficar com uma ideia mais clara das consequências da política fiscal dos governos PSD/CDS, que aprovou um enorme aumento do IRS, e da do governo PS que, até aqui, fez uma redução, que não se pode deixar de valorizar, mas que é manifestamente insuficiente para reduzir a grave injustiça fiscal existente no país, como mostram os próprios dados oficiais.

Eugénio Rosa

Economista

 

Voltar 


Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome