Edição online semanal
 
Sexta-feira 15 de Dezembro de 2017  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

Ricardo Salgado esconde fortuna em ouro e pedras preciosas

01-12-2017 - Zap

Ricardo Salgado terá escondido uma parte da sua fortuna em ouro e pedras preciosas, em local que o Ministério Público não conseguiu apurar. Em junho, foi revistado no aeroporto, após uma viagem à Suíça, tendo sido encontrados extratos bancários que revelaram quase 3,5 milhões de euros investidos em ouro.

Segundo avança o Correio da Manhã, Ricardo Salgado   terá escondido uma parte da sua fortuna em ouro e pedras preciosas, cujo   destino final ainda não foi descoberto   pelo Ministério Público.

“Os extratos bancários da   Savoices , sociedade   offshore   do antigo administrador do GES sediada no Panamá, revelam que o banqueiro tinha, em Novembro de 2011, quase 3,5 milhões de euros investidos em ouro”, revela o jornal.

Além disso, a acusação do Ministério Público revela que a offshore controlada pela mulher de Salgado, a   Begolino , adquiriu em 2012   três diamantes por 3,82 milhões de dólares , o equivalente a 3,25 milhões de euros.

O Ministério Público teve acesso aos extratos bancários no dia 27 de junho deste ano, quando   Salgado e a mulher foram revistados no aeroporto de Lisboa , no âmbito da Operação Marquês.

A revista às bagagens e pertences de Ricardo Salgado e da mulher revelou que o casal não transportava equipamentos informáticos nem outros documentos relevantes, à exceção dos extratos com a situação financeira em três contas bancária sediadas   no UBS, na Suíça.

O despacho de autorização da revista aos haveres e bagagens de Salgado e da sua mulher  deixa claro que “ há fundos depositados em algumas contas abertas   na Suíça pelo arguido, ainda que em nome de entidades instrumentais”, e que, “a partir de fundos depositados nas mesmas contas, foram realizadas   aquisições de bens de elevado valor, ouro e pedras preciosas, cujo destino final não foi, por ora, identificado”, cita o CM.

A revista foi efetuada por elementos da Autoridade Tributária Aduaneira que tinham como objetivo apreender documentos e objetos com interesse para a prova na Operação Marquês. Ricardo Salgado e a mulher foram revistados por volta das 21h30, no aeroporto de Lisboa, e prestaram total colaboração.

 

Voltar 


Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome