Edição online semanal
 
Quinta-feira 2 de Julho de 2020  
Notícias e Opnião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

China nomeia novo representante em Hong-Kong

10-01-2020 - NA

A China nomeou Luo Huining para novo diretor do Gabinete de Ligação em Hong-Kong. A escolha de Luo Huining constitui uma surpresa, pois não tem qualquer ligação anterior a Hong-Kong, tendo sido líder do partido nas províncias de Qinghai e Shanxi.

Wang Zhimin, de 62 anos, foi destituído do cargo de diretor do Gabinete de Ligação para os assuntos de Hong-Kong por Luo Huining, de 65 anos. A notícia foi conhecida através de um comunicado do Governo de Pequim, divulgado pela agência Xinhua (Nova China).

O “South China Morning Post” (SCMP) refere que Carrie Lam, chefe executiva do Governo de Hong-Kong, emitiu uma declaração, “três horas depois” da notícia da Xinhua, onde dá as boas-vindas a Luo Huining e agradece a Wang Zhimin o apoio que deu ao seu governo, nomeadamente nos últimos sete meses.

Carrie Lam afirma ainda, no comunicado, que não tem dúvidas que o novo representante do Governo da China promoverá "a integração da região no desenvolvimento geral do país" e será capaz de estabelecer uma relação positiva entre o continente e Hong Kong.

Segundo a Lusa, a mudança de diretor do Gabinete de Ligação acontece dois meses depois do Comité Central do Partido Comunista Chinês ter pedido medidas para “garantir a segurança nacional” em Hong-Kong.

Novo director do Gabinete de Ligação não tem conexão com Hong-Kong

O novo diretor do Gabinete de Ligação atingiu os 65 anos em outubro passado, tendo saído da liderança na província de Shanxi e sido promovido em dezembro a vice-diretor do comité dos assuntos económicos e financeiros do congresso nacional, um cargo normalmente reservado a funcionários aposentados.

Luo Huining é doutorado em Economia, foi responsável político e partidário em Anhui, Qinghai e Shanxi é considerado um administrador capaz e é conhecido por combater a corrupção e impulsionar a economia em províncias menos desenvolvidas. Durante uma década foi responsável em Qinhai, uma província ocidental, interior, pobre e habitada por minorias étnicas. Ascendeu na hierarquia de vice-governador a governador e posteriormente a líder do partido em Shanxi.

Segundo o SCMP, Luo impressionou a liderança do PCC pelo combate à corrupção em Shanxi, é dos poucos dirigentes que geriu duas províncias, será o primeiro diretor do Gabinete de Ligação de Hong-Kong com uma experiência local tão rica. Além disso, não tem relações anteriores a Hong-Kong.

Um especialista da universidade Nankai em Tianjin, destaca ao jornal que a escolha de um diretor sem ligações anteriores a Hong-Kong tem a vantagem de não estar limitado pelos relacionamentos anteriores.

Poderá também pensar-se que um dirigente da China sem relação anterior a Hong-Kong terá menos constrangimentos em impor a vontade do poder central,  seja ela qual for.

 

Voltar 


Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome