Edição online semanal
 
Quinta-feira 18 de Outubro de 2018  
Notícias e Opnião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

Web Summit por mais dez anos "projeta imagem de país de inovação e oportunidades"

05-10-2018 - RTP

O primeiro-ministro argumenta que a continuação da Web Summit em Portugal por mais uma década significa mais do que atração turística ou 30 milhões de receita fiscal direta. “Projeta definitivamente uma imagem do nosso país como país de inovação e de tecnologia”, assegura Costa, garantindo que o evento vai criar mais emprego qualificado e vem dar confiança às novas gerações sobre as potencialidades do país.

A confirmação oficial de que a Web Summit vai permanecer em Portugal por mais dez anos foi dada esta quarta-feira.  

Para António Costa, esta notícia é de grande importância para as novas gerações. “O que se passa não é por Portugal estar na moda, é por que Portugal mudou, está a mudar, vai continuar a mudar e lhes pode dar confiança como damos à Web Summit”, considerou o primeiro-ministro.  

“Portugal é um país de oportunidades para quem quer investir, empreender, melhorar o conhecimento, para quem tem ambição de ter emprego e emprego com um bom salário”, reforçou o chefe do executivo.  

"Se queremos mais emprego e melhores salários, é nisto que temos de apostar: inovação, inovação, inovação", acentuou António Costa.

“Esta é uma peça de uma estratégia que tem uma visão para o país: a competitividade do país constrói-se com base na inovação”, acrescentou o primeiro-ministro colocando o empreendedorismo como instrumento fundamental para fomentar a inovação.  

António Costa sublinhou que a Web Summit "é muito mais do que ter um motivo de atração para o turismo em Portugal" ou ter 30 milhões de euros de receita fiscal direta como aconteceu no ano passado. 

Para o Governo este é um evento "capaz de projetar o país como um país da inovação e da tecnologia". Um país que Costa vê como “capaz de atrair para Portugal empresas altamente tecnológicas, que criam emprego e emprego qualificado".

FIL duplicada e 11 milhões de euros por ano

O evento vai receber um investimento de 11 milhões de euros por ano, que segundo o primeiro-ministro é uma aposta segura.

"Os apoios anunciados são de 11 milhões por ano", disse o ministro da Economia, acrescentando que no acordo está contemplada uma "cláusula de rescisão. Se a Web Summit sair há uma indemnização prevista para compensar o esforço que Portugal está a fazer", apontou. São 340 milhões de euros de indemnização por ano, caso a organização decida sair de Lisboa.

Para além da realização da maior cimeira tecnológica, a cidade vai ver também alargada a FIL, feira de exposições que existe no espaço do Parque das Nações, em Lisboa. De acordo com o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, a FIL ficará com instalações "quase duas vezes e meia a área atual”, apontando que a intervenção será realizada "em vários anos".

Fernando Medina sublinhou que Lisboa esteve em competição para ganhar a Web Summit com outras três cidades: Valência, Madrid e Londres. Para o autarca lisboeta, a permanência do evento é um passo decisivo para que Lisboa se afirme na economia competitiva mundial.  

Paddy Cosgrave, o fundador da Web Summit, admite que manter a cimeira em Lisboa por dez anos pode ser "a decisão mais louca” que já tomou. Realça que "a surpresa incrível de darem-nos um plano para duplicarmos o tamanho do evento" foi essencial. "Isso mudou as coisas dramaticamente nos últimos meses", reforçou Paddy. 

Tendo em conta este acordo de longa duração, a Web Summit prevê aumentar o seu escritório de Lisboa com 100 novas contratações.

A cimeira tecnológica, de inovação e de empreendedorismo Web Summit nasceu em 2010 na Irlanda e mudou-se em 2016 para Lisboa.

O Governo estima que o evento gere 300 milhões de euros para Lisboa em hotéis e outras receitas durante a semana em que tem lugar.

No ano passado, reuniu na capital mias de 60 mil pessoas de 170 países, das quais 1.200 oradores, duas mil `startups`, 1.400 investidores e 2.500 jornalistas. Para este ano, a organização estima que o evento atraia 100.000 pessoas. 

A edição deste ano, a terceira no país, realiza-se entre os dias 5 e 8 de novembro.

 

Voltar 


Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome