Edição online semanal
 
Segunda-feira 19 de Novembro de 2018  
Notícias e Opnião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

«Este não é um processo de transferências, mas sim de encargos»

14-09-2018 - Abril Abril

A Câmara de Santiago do Cacém rejeita assumir competências do Estado em 2019. Álvaro Beijinha denuncia «que este não é um processo de transferência de competências, mas sim de encargos».

A recusa do Executivo apoia-se no receio de que o «pacote financeiro» associado às novas responsabilidades seja insuficiente. O presidente do Município, Álvaro Beijinha, dá o exemplo da Educação, onde «a autarquia passaria a ter mais duas centenas de funcionários não docentes nas escolas».

Isto porque, além da responsabilidade com o pré-escolar, com as novas competências as câmaras passam a assumir o pessoal não docente no 1.º, 2.º e 3.º ciclos e também do secundário. Para ter uma ideia, no concelho de Santiago do Cacém, a autarquia passaria a ter mais duas centenas de funcionários não docentes nas escolas.

A manutenção dos edifícios escolares, em todos os graus de escolaridade, é outro aspecto a preocupar o município alentejano. Entre os exemplos está a Escola Secundária Padre António Macedo, em Vila Nova de Santo André, da responsabilidade do Ministério da Educação, que necessita de obras urgentes.

O edil denuncia que o Estado, «durante estes anos todos», nunca avançou com as obras receando que, se a competência passar para a Câmara, a verba para a sua realização «nunca chegue».

Álvaro Beijinha defende que só com recursos financeiros adequados se consegue assegurar a proximidade à população e afirma: «Este não é um processo de transferência de competências, mas sim de encargos».

A decisão tomada em reunião da Câmara Municipal será, conforme previsto na lei, submetida à deliberação da Assembleia Municipal.

 

Voltar 


Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome