Edição online semanal
 
Quinta-feira 21 de Junho de 2018  
Notícias e Opnião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

1º ENCONTRO NACIONAL CÍVICO DE MOVIMENTOS, ASSOCIAÇÕES E GRUPOS CÍVICOS

01-06-2018 - Pedro Pereira

«A maioria dos portugueses encontra-se cansada e indisponível para ouvir as mesmas e miméticas intervenções e discursos dos intervenientes dos partidos políticos em vésperas de eleições».

No pretérito dia 26 de Maio, sábado, teve lugar nas Instalações do Instituto da Juventude, situadas no Parque das Nações, em Lisboa, o 1° Encontro Nacional Cívico de Movimentos, Associações e Grupos Cívicos , que contou com a presença de representantes de vários movimentos cívicos provenientes das mais diversas partes do país, nomeadamente o Movimento Cívico Independentes por Elvas; Movimento de Cidadãos Independentes António Parada, Sim (Matosinhos); Movimento Cidadãos Independentes por Peniche; Associação Mais Democracia – Santarém; Movimento Partido Ibérico – Covilhã; Movimento Mais Concelho - Marinha Grande; Maia Para Todos - Movimento Cívico; Associação Cívica Portimão Sempre; Movimento Unir e Mudar Manteigas; Casa da Cidadania (movimento que agrupa cerca de 50 associações); Associação Ordem dos Cidadãos (nacional); Movimento Cívico Sinopse (Lisboa)... Para além de cidadãos independentes, de reconhecida intervenção cívica. 

Este encontro teve com fundamental objectivo auscultar e debater sobre a necessidade de ser criada uma Federação ou Plataforma de âmbito nacional aglutinando Associações, Grupos de Cidadãos Independentes e Movimentos Cívicos, de molde a apoiar as próximas disputas eleitorais a nível local, regional e nacional.

Recorde-se que nas eleições autárquicas de 2017 os Movimentos Cívicos conquistaram 17 autarquias.

De acordo com os representantes presentes neste 1º Encontro, constactou-se que as Organizações Cívicas não possuem as mesmas condições organizacionais e financeiras que os partidos políticos. Logo, urge propiciar a representação condigna das mesmas, uma vez que estas não se revêm nos partidos presentes no espectro político partidário nacional, conforme é revelado pelos elevados índices de abstenção (sempre superior a 50%) em todos os actos eleitorais.

Foi consensual entre os representantes dos Movimentos Cívicos e cidadãos independentes presentes no Encontro, que não pretendem «uma cruzada contra os partidos tradicionais porque estes foram e são necessários na construção e aperfeiçoamento da democracia, mas outrossim, dar voz à sociedade civil» que não encontra eco nos órgãos do exercício do poder democrático em curso.

A maioria dos portugueses encontra-se cansado e indisponível para ouvir as mesmas e miméticas intervenções e discursos dos intervenientes dos partidos políticos em vésperas de eleições, quer pela repetitividade dos argumentos, como também pela ausência de alternativas, de novas perspectivas, de novas personagens e de novas ideias políticas. A continuidade de retórica passadista, negativista e fundamentalista, demagoga e populista, irreal e ilusória, tem o efeito de desmobilizar e de desacreditar o sistema de representatividade política democrática perante os cidadãos.

De acordo com José Marecos da Paz, promotor e dinamizador deste 1º Encontro, «Uma sociedade com conhecimento é uma sociedade mais capaz de enfrentar e resistir aos desafios, mas também mais capaz de os entender e de se empenhar em os superar. Cidadãos mais esclarecidos, são cidadãos mais comprometidos. O compromisso é demasiado grande para se realizar na vida de alguns de nós. Mas se deixarmos de acreditar no hoje, não seremos capazes de construir o amanhã».

Na sequência deste primeiro evento, outros se seguirão a Norte e a Sul do país, preparatórios de um Congresso Nacional Cívico a ter lugar antes do final do ano, de modo a dar corpo formal a esta iniciativa.

Na foto o promotor José Marecos da Paz (a intervir). Ao seu lado direito, o médico Cândido Ferreira, candidato presidencial nas últimas eleições, que decidiu dar o seu apoio a este encontro.

 

Voltar 


Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome