Edição online semanal
 
Segunda-feira 21 de Setembro de 2020  
Notícias e Opnião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

Luís Filipe Vieira provoca perdas de 225 milhões ao Novo Banco

11-09-2020 - Jornal de Negócios

A auditoria da Deloitte mostra os prejuízos causados pelo grupo do presidente do Benfica durante pouco mais de quatro anos. No final de 2018, a dívida ao Novo Banco ascendia a 760 milhões de euros.

Entre Agosto de 2014 e Dezembro de 2018, o Novo Banco teve perdas de 225,1 milhões de euros com o grupo económico de Luís Filipe Vieira, actual presidente do Benfica, que é um dos maiores devedores do antigo BES.

Segundo a auditoria feita pela Deloitte, citada pelo Correio da Manhã  na edição desta quarta-feira, 9 de Setembro, no final do período em análise, a dívida total da Promovalor à instituição liderada por António Ramalho ascendia a 760,3 milhões de euros.

Os prejuízos causados pelo grupo de Vieira resultam sobretudo de imparidades e desvalorização de dívida que fora convertida em VMOC, no âmbito da reestruturação feita em 2011; e desvalorização de activos imobiliários que tinham sido financiados pelo BES, como vários terrenos, um hotel no Brasil ou um edifício de escritórios em Moçambique.

 

Voltar 


Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome